26.5 C
Brasília
23 fev 2024 16:55


Após parecer da PGR, Valdemar Costa Neto tem liberdade provisória concedida por Moraes

Por Kleber Karpov

Após a conversão da prisão em flagrante, para preventiva, por parte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, concedeu liberdade provisória ao  presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto. Na nova decisão, Moraes acatou parecer da Procuradoria-Geral do DF (PGR), a quem havia submetido o pedido de liberdade, por parte da defesa de Costa Neto, com posicionamento a ser dado em até 24 horas.

Na avaliação da PGR, Costa Neto, por ter 74 anos, ser preso, porém, sem o cometimento de crime com prática de violência ou grave ameaça, somado ao o fato de a arma de fogo, com registro em nome de terceiro e a pepita de ouro ser encontrada na residência do presidente da PL, durante mandado de busca e apreensão da Polícia Federal (PF),  foram fatores decisivos para que a Procuradoria recomendasse atender o pedido da defesa do político.

Fatos esses que levaram Moraes a conceder a liberdade provisório, ainda que ressalvado, entendimento da Suprema Corte, de existência dos requisitos ensejadores que justificaram a prisão preventiva.

Solto

A informação da soltura foi confirmada por meio das redes sociais, Fabio Wajngarten,   advogado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL/RJ), também investigado e alvo dos mandados de buscas e apreensões expedidos a 48 alvos da Operação Tempus Veritatis da PF.  “presidente Valdemar acaba de ser solto decorrente de decisão do Ministro Alexandre de Moraes. Teve concedida a sua liberdade provisória”.

LEIA TAMBÉM

Brasília
trovoada
26.5 ° C
26.5 °
26.5 °
57 %
2.6kmh
75 %
sex
27 °
sáb
26 °
dom
26 °
seg
27 °
ter
26 °

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever