21.5 C
Brasília
23 fev 2024 22:53


Colaboradores do Projeto Humanizar são homenageados em sessão solene da CLDF

Ato de reconhecimento ocorreu na manhã desta segunda-feira (3)

Por Sandra Turcato

Gestores e colaboradores do Projeto Humanizar, implementado nas unidades do IgesDF, foram reconhecidos e homenageados em sessão solene da Câmara Legislativa do DF nesta segunda-feira (3). A iniciativa foi proposta pelo deputado distrital Jorge Vianna. O objetivo do projeto é receber os pacientes de forma acolhedora e atenciosa nas emergências, ambulatórios e recepções do Hospital de Base, Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e nas 13 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Os profissionais do projeto são treinados para fazerem uma escuta qualificada dos pacientes e seus familiares, sanarem dúvidas e orientarem sobre o atendimento da demanda de cada um deles. O projeto foi idealizado pela primeira-dama, Mayara Noronha Rocha, que também participou da homenagem. “Vocês têm a missão de se colocar no lugar do paciente”, ressaltou. “Precisamos destacar a importância da presença dos colabores do Humanizar no ambiente hospitalar e estender esta iniciativa para todas as unidades hospitalares do DF, para outros setores do serviço público e para ser um exemplo para o Brasil”, afirmou a primeira-dama. “O dia-a-dia de vocês é desafiador, a missão de vocês é muito linda, de receber as pessoas em momentos de dificuldade, de ser a ponte entre o usuários e os profissionais que farão o atendimento do paciente”, elogiou.

“O projeto se resume no acolhimento das pessoas que buscam as unidades de saúde do IgesDF. Quem acolhe precisa ter uma enorme inteligência emocional e ter calma mesmo diante das adversidades”, definiu o deputado Jorge Vianna durante a abertura da solenidade, que contou com a presença de diretores e colaboradores do IgesDF.

Ter um colaborador treinado para acolher o paciente logo na entrada da unidade hospitalar dá mais segurança e tranquilidade, estreita o caminho que o paciente percorre durante sua permanência no hospital, além de oferecer apoio e demonstrar empatia aos usuários. O Humanizar é desenvolvido pelo Núcleo de Humanização da Gerência de Gestão do Conhecimento e Humanização da Diretoria de Inovação, Ensino e Pesquisa (Diep) do IgesDF. E conta hoje com 83 colaboradores.

A diretora de Inovação, Ensino e Pesquisa do IgesDF, Emanuela Ferraz, responsável pela implementação do Projeto Humanizar, homenageou todos os colaboradores. “Mayara nos deu esta missão há três anos, um projeto que queremos ampliar e levar a todas as unidades de saúde, mesmo as que não são geridos pelo IgesDF”, afirmou. “Parabenizo a toda a equipe, que é o primeiro contato, o primeiro atendimento nas nossas unidades, algo tão fundamental para o atendimento de excelência que buscamos oferecer”, destacou Emanuela Ferraz. “Os nossos colaboradores desempenham um trabalho fundamental de acolhimento, de informação, de sentir a necessidade de cada paciente, um trabalho que se tornou essencial nas nossas unidades”, elogiou a chefe do Núcleo de Humanização, Mariana Soares Lacerda.

A superintendente de Atenção Pré-Hospitalar do IgesDF, Nadja Carvalho, responsável pelas 13 UPAs, também elogiou o diálogo atencioso dos colaboradores do Humanizar ao receber os pacientes nas unidades. “Não há inteligência artificial que possa substituir o que o Humanizar faz, agradeço ao trabalho de cada um de vocês”, reconheceu. A colaboradora Sara de Menezes, que atua como auxiliar de humanização na UPA do Paranoá, também reconhece a importância do projeto. “É o melhor trabalho, estamos lá pelo e para o paciente!”, afirmou.

Logo que são admitidos, os colaboradores do projeto passam por uma integração teórica, quando aprendem sobre os fluxos, rotinas e principais demandas que irão enfrentar no dia-a-dia das unidades hospitalares. Em seguida, são direcionados para o treinamento, quando têm a oportunidade de vivenciar as rotinas e colocar em prática todas as orientações que receberam. “Destaco a importância de o IgesDF crescer ainda mais e se tornar mais acolhedor”, afirmou o diretor de Administração e Logística do IgesDF, Caio Valério Gondim. “Como médico, entendo as particularidades e os desafios de vocês. Precisamos enfatizar o pilar da empatia, a leveza que vocês trazem como agentes deste projeto é muito importante e ele precisa mesmo ser expandido”, concluiu o diretor de Atenção à Saúde do IgesDF, Juracy Cavalcante Lacerda Júnior.

Ao final da sessão solene, foram entregues moções de louvor aos diretores do IgesDF e colaboradores do projeto Humanizar pelos relevantes serviços prestados.

SourceIGESDF

LEIA TAMBÉM

Brasília
chuva fraca
21.5 ° C
21.5 °
19.8 °
88 %
3.1kmh
75 %
sáb
26 °
dom
27 °
seg
27 °
ter
26 °
qua
20 °

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever