Dia offline – A importância de desligar versus as ferramentas digitais que dispomos nos dias de hoje

83


Print Friendly, PDF & Email

O ano de 2020 veio revolucionar a forma como trabalhamos e nos divertimos, trazendo todo o mundo para o digital seja por motivos de trabalho ou para lazer. Atividades que antes eram realizadas exclusivamente ‘offline’ são atualmente feitas por intermédio de plataformas digitais que apesar das suas óbvias vantagens, podem trazer consequências negativas relativamente à saúde dos usuários.

No entanto, essas ferramentas digitais ganham uma importância crescente e fazem agora parte do nosso dia-a-dia, sendo fundamental a criação de um equilíbrio entre o ‘offline’ e o ‘online’ para que a sua produtividade e saúde mental não saiam prejudicadas.

A vida mais complexa e uma rotina mais intensa fazem com que as pessoas não tenham tempo para parar, pensar e refletir, algo que é essencial para conseguir criar novas conexões cerebrais. Isso trouxe novas preocupações às empresas como a Sanofi, farmacêutica francesa no Brasil que percebendo um aumento do cansaço mental dos seus funcionários, optou por implementar um dia por semana sem reuniões através da plataforma Zoom.

Publicidade

Relaxar é preciso

A preocupação com a saúde mental é crescente e isso se deve em parte à dificuldade em que as pessoas têm de se desligarem do mundo digital. Quando quebra a sua rotina e relaxa junto da natureza, por exemplo, vai conseguir obter um ganho de felicidade que se irá traduzir não só nos seus momentos de lazer, como também num aumento das taxas de produtividade ao nível do seu trabalho.

Isso vai de encontro a algo igualmente importante que é a necessidade de estabelecer uma rotina para se organizar e reservar momentos do dia ou da semana para se manter ‘offline’ de forma a conseguir aproveitar melhor as ferramentas digitais que tem ao seu dispor para trabalho e diversão.

É nos períodos de descanso e relaxamento que o seu cérebro tem a possibilidade de se ajustar e criar conexões e isso é fundamental, já que as ferramentas digitais vieram para ficar.

O entretenimento é igualmente feito ‘online’

Não é só no universo laboral que as ferramentas digitais substituíram as ferramentas físicas, entretenimentos que antes eram exclusivos de lugares físicos, são hoje em dia, cada vez mais acedidos através de plataformas ‘online’ que visam a oferecer a mesma experiência para o usuário.

Um exemplo clássico disso, são os jogos de cartas que antes eram exclusivos de espaços como os cassinos físicos e que agora são cada vez mais os preferidos de quem procura formas de entretenimento ‘online’.

O Bacará, por exemplo, cujo objetivo é que o jogador consiga adivinhar quais dos três resultados possíveis irão sair em cada rodada, pode ser acedido em plataformas online que permitem inclusive jogar Bacará de forma totalmente gratuita e na maioria das vezes disponibilizam inclusive a opção ‘ao vivo’ onde conta com um dealer ao vivo e a possibilidade de comunicar via chat oferecendo-lhe uma experiência online o mais semelhante possível à de um cassino físico.

Também no quesito, atividade física, que muitas pessoas utilizam para relaxamento, são cada vez mais as que optam por formas de se exercitarem recorrendo a videogames como os que se focam em movimentos de dança, como é o caso do jogo ‘Just Dance’ disponível para diferentes formatos de consolas, ou o ‘Fitness Boxing’ para a Nintendo Switch que simula exercícios de box.

Já no setor laboral, a plataforma Zoom que permite realizar reuniões de até 500 pessoas simultaneamente revoluciona a forma como nos reunimos no trabalho e como os problemas são discutidos.

Assim como a farmacêutica Sanfoni percebeu que era necessário alterar a mecânica de trabalho junto dos seus trabalhadores, implementando um dia ‘offline’, cabe-lhe a si, organizar uma rotina que equilibre os aplicativos que usa ‘online’ de modo a garantir que todos os dias tem momentos ‘offline’ onde possa descansar e refletir.

É o equilíbrio entre o ‘offline’ e o ‘online’ que vai permitir um maior foco mental que se traduz igualmente num aumento da produtividade e da sensação da felicidade tão importante para a manutenção da sua saúde mental.