GDF sanciona projeto de Rafael Prudente e órgãos públicos do DF terão salas para amamentação

A nova Lei foi publicada no Diário Oficial do DF dessa quarta-feira, no dia 5 de janeiro de 2022

66
Print Friendly, PDF & Email

O Governador Ibaneis Rocha (MDB) sancionou a Lei 7.057/2022, de iniciativa do Deputado Rafael Prudente do MDB, que obriga órgãos distritais reservarem salas de amamentação.

A nova Lei foi publicada no Diário Oficial do DF dessa quarta-feira, no dia 5 de janeiro de 2022.

Sala de amamentação da CLDF

De acordo com o texto, servidoras públicas e terceirizadas deverão ter espaço adequado para a extração e armazenagem de leite materno durante o horário de expediente.

Publicidade

As salas de apoio à amamentação deverão ser instaladas em área apropriada, com conforto e privacidade, de acordo com os parâmetros estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA.

“Muitas empresas privadas tiveram essa consciência de criar em seus espaços de trabalho uma sala especial para ter um ambiente melhor para mulheres que estão amamentando. O que nós fizemos foi copiar o que a iniciativa privada está fazendo para que o governo possa fazer o mesmo nos seus espaços de trabalho”, afirmou Rafael Prudente.

“Para dar o exemplo, a Câmara Legislativa inaugurou em dezembro o nosso espaço. É uma sala simples, mas que vai atender as mulheres que trabalham aqui”, completou o deputado.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
FONTEAscom Rafael Prudente
Artigo anteriorIbaneis Rocha viaja de férias; o vice, Paco Britto assume o GDF
Próximo artigoUPAs do DF são reforçadas com mais insumos e profissionais