Filtros de Raio X: Falta no Hospital de Base mas está se perde na UPA Samambaia

287
Print Friendly, PDF & Email
Por Kleber Karpov

Em 10 de maio, a Diretoria de Atenção à Saúde (DAS) do Hospital de Base do DF (HBDF), por força de limitação do estoque de Filmes Radiológicos emitiu a Circular nº 007/2016 em que determinou a priorização de realização de exames de radiologia simples para pacientes internados e de atendimento de urgência. A ideia era reduzir o uso dos Filmes radiológicos, utilizados em exames de Raio X, até que se normalizasse o estoque no Hospital.

No entanto, uma servidora do HBDF, que pede para não ser identificada, procurou Política Distrital para informar que o contingenciamento das realizações de exames de Raio X, estavam em situação preocupante. Isso porque, ao priorizar o atendimento aos pacientes internados e atendimentos de emergência, “Os exames da radiologia do Base [HBDF] estão sendo desmarcados por falta de filme.”, afirmou.

A expedição da circular, talvez até fosse compreensível, diante da crise da saúde do DF se, uma semana depois (17/Mai), Política Distrital não tivesse recebido denúncia de outra servidora da Secretaria de Estado de Saúde do DF, que também não quis se identificar, da existência de “mais de 500 filtros de Raio X, com o prazo de validade vencido. ”,  na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Samambaia, de acordo com a denunciante.

Publicidade

A denunciante afirma também haver uma caixa de aparelho de foco utilizado para iluminação em procedimentos cirúrgicos. Nesse caso, chama atenção que na unidade não se realiza cirurgias que justifiquem a necessidade de tais equipamentos na UPA Samambaia. “Este foco está dentro de uma sala de raio x, +/- 2 anos. (SIC)”, disse.

Desperdício?

A denunciante observa também que a UPA Samambaia está sem filme, uma vez que os que têm estão vencidos. E que a unidade mantém quatro técnicos em radiologia escalados diariamente para realizar cinco exames diários, enquanto no Hospital Regional de Taguatinga (HRT), a SES-DF paga horas extras para outros profissionais.

Secretaria de Saúde

Ao apurar o caso com a SES-DF, por meio da Assessoria de Comunicação (Ascom), em relação a falta de filmes para Raio X, a direção do HBDF reconhece a falta e afirma que já providenciou a compra dos materiais.

“A direção do Hospital de Base reconhece que há falta de filme para raio-x. Para não prejudicar o atendimento aos pacientes, a direção está encaminhando-os para realizar o exame em outras unidades. A Secretaria de Saúde já providenciou a compra dos materiais.”.

FOCO_CIRURGICO_6_BULBOS__14515_zoom
Imagem Ilustrativa

Em relação à existência de filtros e focos, a Superintendência de Saúde Sudoeste, que abrange a UPA de Samambaia, negou a existência de focos e filtros de Raio X vencidos ou sem uso na unidade e afirma que os focos ficam guardados para utilização quando são necessários.

“A Superintendência de Saúde Sudoeste, que abrange a UPA Samambaia, nega a existência de focos e filtros de Raio X vencidos ou sem uso na unidade. Os focos ficam guardados na sala de sutura e são utilizados quando necessário, durante  a realização pelo médico de suturas de pequeno porte, já que nas UPAs não são realizadas cirurgias. A Superintendência reitera que a informação sobre a existência de filtros de Raio X vencidos e esquecidos há mais de dois anos na UPA não procede.”.

Encaixotados

Caixa de Foco utilizado em procedimento cirúrgico
Caixa de Foco encaixotado

No caso dos focos, o que chama atenção é que, segundo a denunciante, os aparelho estão encaixotados em caixas de madeira. Será que nunca houve necessidade de utilizá-los em procedimentos de suturas na UPA Samambaia? Para a denunciante, a presença dos equipamentos na unidade é pura falta de gestão. “O foco é de três lâmpadas e se usa no centro cirúrgico. Aqui nem centro cirúrgico tem. Nem pequena cirurgia. Tem uma caixa aqui no raio X”, afirmou.

 

Artigo anteriorTrabalhadores no DF: Clandestinidade x Regulamentação
Próximo artigoFlagrante de descaso com pacientes no Hospital da Asa Norte, um reflexo do legado de Rollemberg