25.5 C
Brasília
14 jun 2024 18:03


Projeto que destina vagas a mulheres vítimas de violência é o grande vencedor do 1º Prêmio de Inovação Eleitoral

Iniciativas do TSE e de seis tribunais regionais eleitorais ficaram com a 1ª colocação em outras 10 categorias da premiação

Os vencedores do I Prêmio de Inovação Eleitoral foram anunciados nesta quinta-feira (16), em cerimônia no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O grande vencedor foi o projeto “Promoção de Políticas de Gênero no Âmbito do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) – Contratação de Mulheres Vítimas de Violência Doméstica ou Familiar”. A iniciativa foi a mais votada dentre os 30 finalistas, com 372 votos, e recebeu o “Prêmio Especial Inspiração”.

De acordo com o projeto, 20% das vagas dos contratos de prestação de serviços firmados pelo Tribunal são destinadas a mulheres vítimas de violência. A seleção é feita pelas empresas prestadoras em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco, conforme o perfil de cada vaga.

A diretora-geral do TRE-PI, Silvani Maia Resende Santana, explicou que, além de gerar oportunidade, o projeto é executado sem qualquer custo para a Justiça Eleitoral ou para o Tribunal. “É um trabalho de inserção e de promoção da democracia em seu sentido mais amplo, que é garantir o desenvolvimento e o acesso de todos, devolvendo, assim, dignidade à vida dessas mulheres e de suas famílias”, ressaltou.

Também foram premiadas ações do TSE e dos TREs da Bahia, de Minas Gerais, de Pernambuco, de São Paulo, do Rio Grande do Sul e de Roraima, em dez categorias. O anúncio dos vencedores de cada categoria foi feito pela ministra Edilene Lôbo.

Confira os vencedores de cada categoria:

Prêmio de inovação eleitoral - 16.05.2024

 

Prêmio de inovação eleitoral - 16.05.2024

A premiação

O primeiro colocado de cada categoria do Prêmio de Inovação Eleitoral foi presenteado com um tablet. Os vencedores também participarão de um curso no Laboratório de Inovação da Justiça Eleitoral (JE). Já o vencedor do Prêmio Especial Inspiração recebeu óculos de realidade virtual. Cada um dos 30 finalistas também foi condecorado com um troféu e um certificado.

Abertura do evento

16.05.2024 - I Prêmio de Inovação Eleitoral - fotos: Thales Lima/Secom/TSE

Na abertura do evento, o diretor-geral do TSE, Rogério Galloro, afirmou que a premiação visa estimular novas ações inventivas que solucionem problemas comuns entre os órgãos da JE, com o compartilhamento de boas práticas e ideias que resultem na aproximação dos cartórios e dos tribunais eleitorais. “As iniciativas coletadas permitirão uma administração mais eficiente dos recursos informacionais, orçamentários e humanos da Justiça Eleitoral, evitando retrabalho e permitindo a solução de problemas comuns com sinergia e eficiência”, declarou.

O secretário de Gestão da Informação e do Conhecimento do TSE, Cleber Schumann, afirmou que o prêmio incorpora boas práticas observadas em premiações do Poder Judiciário, como o Prêmio Innovare e as promovidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Realizar uma premiação voltada a profissionais que atuam nos órgãos eleitorais e que, diante de uma dificuldade, têm a vontade de fazer algo diferente e melhor, com criatividade e sinergia, buscando colher um resultado útil para a Justiça Eleitoral, é algo que deve ser celebrado e regularmente repetido”, disse.

Palestra

A palestra de abertura, “Semeando a inovação”, foi ministrada pelo coordenador de Modernização do TSE, Celio Wermelinger. Segundo ele, a inovação não está relacionada à tecnologia, mas a pessoas. Por isso, é importante questionar os procedimentos habituais para encontrar alternativas que auxiliem o desempenho de tarefas. “A otimização de atividades administrativas através de soluções inovadoras é ferramenta essencial para resolver problemas”, afirmou. “A inovação está na veia da Justiça Eleitoral”, declarou.

Sobre o prêmio

Promovido pelo TSE, o Prêmio de Inovação Eleitoral é um reconhecimento a projetos e ações desenvolvidos na JE e que tenham contribuído para a melhoria das atividades funcionais e do atendimento prestado à sociedade. Ao todo, a primeira edição do prêmio contou com a participação de 400 inscritos de 26 TREs e do TSE.

Os três finalistas de cada categoria foram escolhidos por comissões avaliadoras, nomeadas pela Portaria TSE nº 201/2024. Os vencedores foram escolhidos a partir de votação realizada entre os servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral.

SourceTSE

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever