14.5 C
Brasília
18 maio 2024 10:24


Saúde inaugura tenda de acolhimento para pacientes com dengue em Taguatinga

Com atendimento das 7h às 19h, estrutura instalada no estacionamento do HRT vai atender cerca de 150 pessoas por dia

Por Thaís Miranda

O Governo do Distrito Federal (GDF) inaugurou, nesta terça-feira (23), a sexta tenda de acolhimento aos pacientes com sintomas de dengue. A estrutura foi erguida no estacionamento do ambulatório do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) e conta com mais de 60 profissionais da saúde para atender uma média de 150 pessoas por dia. O espaço, com funcionamento das 7h às 19h, acolhe tanto pacientes adultos quanto pediátricos.

A secretária Lucilene Florêncio ressaltou a qualidade da infraestrutura das tendas de acolhimento na entrega da unidade em Taguatinga, nesta terça-feira (23) | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Com espaço para triagem, consultórios, farmácia e sala de hidratação, a tenda faz parte das 11 estruturas que estão sendo disponibilizadas à população do Distrito Federal ao longo deste mês. Até a última segunda-feira (22), as cinco novas unidades em funcionamento em Planaltina, Ceilândia, Guará, Gama e Paranoá já acolheram mais de 6,5 mil pacientes com suspeita de dengue.

“Mais uma tenda que estamos entregando para a população do DF. Aqui, o paciente tem uma infraestrutura de qualidade, com salas climatizadas e profissionais de saúde. Qualquer pessoa, de qualquer região administrativa, pode procurar atendimento em qualquer uma das tendas. Elas funcionam no modelo porta aberta, sem barreira de acesso”, afirmou a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio.

As unidades estão estrategicamente posicionadas perto de hospitais, unidades de pronto atendimento (UPAs) e unidades básicas de saúde (UBSs), a fim de garantir um atendimento mais célere dos pacientes sintomáticos da doença e, consequentemente, reduzindo a pressão sobre o Sistema Único de Saúde (SUS).

Vicente Pires, Samambaia, Asa Norte, Varjão e Areal são as próximas regiões administrativas a receber uma dessas tendas para atendimento aos pacientes com sintomas da dengue.

Atendimento

“Fiquei surpreso de ver, porque a gente não espera que um local temporário tenha uma estrutura dessa”, disse o estudante Eric Pacheco, um dos primeiros a procurar atendimento na tenda de Taguatinga

A expectativa é que a tenda de Taguatinga realize 150 atendimentos por dia. O espaço conta com triagem, consultórios, farmácias, sala vermelha e de hidratação, além de uma área de descanso para os funcionários.

“O espaço está localizado ao lado do HRT. Isso facilita caso seja necessário transferir algum paciente, além de podermos contar com o apoio do hospital em casos específicos. A tenda tem o objetivo de desafogar o hospital e acolher a população com conforto e segurança”, disse o diretor médico das tendas, Clauber Lourenço.

O estudante Eric Pacheco, de 18 anos, foi um dos primeiros a procurar atendimento no local. Com sintomas de dengue, o jovem rapidamente foi acolhido pela triagem e submetido aos exames de diagnóstico. “Eu estava esperando atendimento no posto de saúde, quando me encaminharam para a tenda. Fiquei surpreso de ver, porque a gente não espera que um local temporário tenha uma estrutura dessa. Foi super-rápido e eu espero já receber o diagnóstico e continuar o tratamento em casa”, elogiou.

Já a dona de casa Deuzuita Lopes Farias, 49, acompanhou a montagem da estrutura desde o início: “Eu sempre passava por aqui, via o pessoal trabalhando para montar e ficava feliz em ver que teríamos mais esse espaço. Os postos de saúde estão cheios, então vai ser muito bom ter essa tenda aqui”, avaliou.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever