15.5 C
Brasília
24 maio 2024 09:57


Mais de 5,8 mil pacientes com dengue são atendidos pelas novas tendas de acolhimento

Espaços são semelhantes a hospitais de campanha e estão localizados ao lado de unidades de saúde para agilizar a assistência à população. No domingo, foram registrados 820 novos atendimentos

Por Ana Flávia Castro

As cinco novas tendas de acolhimento a pacientes com dengue inauguradas pelo Governo do Distrito Federal (GDF) neste mês já realizaram mais de 5,8 mil atendimentos. A informação é referente aos cidadãos atendidos desde o dia 11 até as 18h deste domingo (21). As estruturas do Guará, Gama e Paranoá funcionam 24 horas, enquanto as unidades de Planaltina e Ceilândia recebem a população das 7h às 19h. Os espaços funcionam todos os dias da semana, e são semelhantes a hospitais de campanha.

No domingo, foram realizados 820 atendimentos e sete transferências de pacientes que precisaram ser levados para tratamentos mais complexos. A tenda com maior número de assistências foi a do Paranoá (174), seguida pelas de Ceilândia (167), Gama (167), Planaltina (159) e Guará (153).

Além disso, do total atendido na data, 355 pacientes fizeram o teste de dengue, dos quais 229 estavam com o nível de plaquetas abaixo de 50 mil, considerado de risco para sangramentos.

O GDF instalou as primeiras tendas com funcionamento das 7h às 19h no começo do ano, em nove administrações regionais: Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol, Samambaia, Sobradinho, São Sebastião, Estrutural, Recanto das Emas, Brazlândia e Santa Maria. As instalações possuem polos de hidratação e cuidados, proporcionando suporte contínuo aos usuários.

Com a inauguração de seis novos espaços – no Plano Piloto, Vicente Pires, Taguatinga, Águas Claras, Samambaia e Varjão -, o DF passará a contar com 20 tendas de atendimento a pacientes com dengue

As cinco novas tendas instaladas neste mês, por sua vez, têm estruturas mais complexas e maiores, com consultórios, equipamentos, mobiliário e climatização. Além das unidades já entregues, mais seis espaços estão em fase de instalação, no Plano Piloto, Vicente Pires, Taguatinga, Águas Claras, Samambaia e Varjão. Os locais estão estrategicamente posicionados perto de hospitais regulares, unidades de pronto atendimento (UPAs) e unidades básicas de saúde (UBSs).

Assim, a capital contará com 20 estruturas, no total – três com atendimento 24 horas e outras 17 com funcionamento das 7h às 19h. O objetivo é garantir um atendimento mais célere dos pacientes sintomáticos da doença, reduzindo a pressão sobre o Sistema Único de Saúde (SUS).

Confira os horários e endereços das tendas que já atendem 24h

→ Guará: em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS) 1
→ Gama: estacionamento do Hospital Regional do Gama (HRG)
→ Paranoá: estacionamento do Hospital da Região Leste (HRL)

Veja as regiões administrativas com novas tendas de acolhimento com funcionamento diário, das 7h às 19h

→ Planaltina: estacionamento do Hospital Regional de Planaltina (HRP) – já em funcionamento
→ Ceilândia: estacionamento do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) – já em funcionamento
→ Plano Piloto: estacionamento do Hospital Regional da Asa Norte (Hran)
→ Vicente Pires: estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA)
→ Taguatinga: estacionamento do ambulatório do Hospital Regional de Taguatinga (HRT)
→ Águas Claras: estacionamento da UBS 1 do Areal
→ Samambaia: estacionamento da UBS 7
→ Varjão: atrás da UBS 1

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever