21.5 C
Brasília
23 fev 2024 04:13


Número de homicídios em novembro é o menor em mais de duas décadas no DF

A redução se manteve no acumulado do ano. Crimes contra o patrimônio, que impactam na sensação de segurança, teve redução de 19,8% no acumulado do ano

Desde o início do ano, a Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP/DF) vem consolidando sua nova política pública, que tem como preceito a integralidade nas ações, o DF Mais Seguro – Segurança Integral, que envolve forças de segurança, órgãos de governo e sociedade civil na elaboração de projetos e ações. Entre elas, a ampliação do videomonitoramento, que foi implementada em mais cinco regiões administrativas ao final deste ano – Lago Sul e Norte, Paranoá, Varjão e Jardim Botânico –, juntando-se a outras 24 monitoradas em tempo real pelas câmeras instaladas em pontos estratégicos.

Além de atuações rotineiras de investigação e policiamento, a SSP-DF realiza uma série de ações específicas envolvendo as forças de segurança, a Secretaria de Mobilidade (Semob), representantes de empresas de ônibus, entre outros órgãos | Foto: Divulgação/SSP-DF

O aperfeiçoamento constante dos processos de gestão, com o envolvimento da sociedade vem garantido ao Distrito Federal a redução sistemática dos crimes contra a vida e contra o patrimônio, mesmo frente aos recordes históricos de anos anteriores. No acumulado de janeiro a novembro, a redução de homicídios foi de – 8,6%, na comparação com mesmo período do ano anterior. A queda se manteve no mês de novembro e, em 2023, foram registrados quatro crimes a menos que em 2022. No último mês houve 17 homicídios e, no mesmo período do ano passado, foram registrados 21 casos.

Artes: Divulgação/SSP-DF

“O uso da tecnologia, a implementação de políticas coordenadas com diversos segmentos de governo e sociedade, assim como investimento em inteligência e capacitação, têm contribuído para a redução criminal no Distrito Federal. Nosso acompanhamento é constante, diário. Temos o desafio de continuar superando os resultados já alcançados na redução de homicídios e crimes contra o patrimônio, o que tem colocado o DF em posição de destaque nacionalmente”, ressalta o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.

“Com apoio do governador Ibaneis Rocha, oficializamos em novembro nosso novo programa de segurança, que não só microregionaliza as ações, com base em manchas criminais e estudos de inteligência, mas que também ouve os anseios e sugestões da população, com o objetivo de melhorar a segurança e qualidade de vida de todos”, completa o gestor.

Os crimes violentos letais intencionais (CVLIs) — que englobam homicídios, feminicídios, lesões corporais seguidas de mortes e latrocínios — também apresentaram o menor número dos últimos 24 anos e também no mês de novembro, quando foram registrados 20 crimes. No acumulado dos onze meses deste ano, a redução chegou a -8,3%. Foram 253 CVLIs neste ano e 276 no ano passado.

Feminicídios

Em novembro, foram registrados dois feminicídios no Distrito Federal. O enfrentamento desse crime é tratado de forma prioritária pela segurança e órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF). Um dos eixos de atuação do DF Mais Seguro – Segurança Integral é o Mulher Mais Segura. O segmento reúne medidas preventivas e tecnológicas voltadas à proteção da mulher e ao enfrentamento à violência doméstica e familiar. O programa possui ações de estímulo à denúncia e conscientização do público masculino sobre seu papel no enfrentamento à violência de gênero.

Em novembro, cinco agressores foram presos por descumprimento de medidas protetivas, por meio da Diretoria de Monitoramento de Pessoas Protegidas (DMPP), da SSP-DF. A Diretoria monitora vítimas e agressores 24 horas por dia.

“Esses crimes impactam diretamente na sensação de segurança, sendo prioritária a redução de cada um deles”Sandro Avelar, secretário de Segurança Pública

Para o secretário-executivo da SSP-DF, Alexandre Patury, estratégias de prevenção dos crimes de gênero e do encorajamento de denúncias podem contribuir com a redução desse crime: “O enfrentamento à violência contra a mulher é prioridade e deve ser enfrentada com união de esforços em políticas coordenadas das forças de segurança, órgãos de governo e sociedade civil. Esta é uma luta de todos. Adotamos ações de enfrentamento a todas as formas de violência contra a mulher e, principalmente, contra a mais grave delas, que é o feminicídio”, afirma.

Além do atendimento ininterrupto nas Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (DEAM) e em todas as delegacias do DF, denúncias podem ser realizadas de forma online; pelo e-mail [email protected]; pelo telefone 197, opção zero; pelo WhatsApp (61) 9 8626-1197; e, ainda, em contato com a PMDF, através do número 190.

Roubos e furtos

Os seis crimes monitorados de forma prioritária pela secretaria – roubos a transeunte, em transporte coletivo, de veículo, em comércio, em residência e o furto em veículo – apresentaram redução significativa de -19,9% no acumulado dos onze meses. “Esses crimes impactam diretamente na sensação de segurança, sendo prioritária a redução de cada um deles”, comenta Avelar.

De janeiro a novembro, o roubo em transporte coletivo teve a maior redução (-28,8%), passando de 614, ano passado, para 437 este ano. Este é o segundo mês consecutivo que a redução se mantém. Além de atuações rotineiras de investigação e policiamento, a SSP-DF realiza uma série de ações específicas envolvendo as forças de segurança, a Secretaria de Mobilidade (Semob), representantes de empresas de ônibus, entre outros órgãos.

Em seguida, também no acumulado do ano, os roubos a transeunte tiveram redução de -23,9%. O roubo a residência, a comércio e de veículos tiveram redução de, respectivamente, -17,4%, -16,5% e 15,2%. Os furtos em veículos (quando objetos são subtraídos sem que a vítima perceba) tiveram redução de -12,1%.

A Secretaria de Segurança Pública destaca a importância do registro de ocorrências pela população para apoiar a elaboração de estudos criminais, que monitoram e indicam locais e horários de maior incidência de cada tipo de crime. Essas informações são fundamentais para o planejamento de estratégias de policiamento pela Polícia Militar do DF e para a identificação de grupos especializados pela Polícia Civil do DF.

LEIA TAMBÉM

Brasília
céu limpo
21.5 ° C
21.5 °
19.8 °
83 %
0.5kmh
0 %
sex
22 °
sáb
25 °
dom
26 °
seg
26 °
ter
22 °