20.5 C
Brasília
18 abr 2024 08:35


Espaço Acolher de Sobradinho será inaugurado na terça-feira

Equipamento atende a homens e mulheres envolvidos em situações de violência doméstica

A Secretaria da Mulher (SMDF) inaugura nesta terça-feira (24), às 10h, em Sobradinho, o novo Espaço Acolher. O equipamento faz parte da rede de proteção às mulheres, que conta com 8 unidades de acompanhamento psicossocial dos envolvidos em situação de violência doméstica e familiar contra a mulher no DF. As vítimas e autores de violência podem procurar os locais de forma espontânea ou encaminhadas pelo Poder Judiciário.

“A responsabilidade de combater a violência contra a mulher é de toda a sociedade. Estabelecer ambientes de apoio para homens agressores é um investimento na construção de um Distrito Federal mais seguro para todas as mulheres. A finalidade desses espaços não é justificar ou minimizar a violência, mas, sim, abordar suas causas, fomentar a responsabilidade e avançar em direção a uma sociedade mais segura e igualitária”Gisele Ferreira, secretária da Mulher

A secretária da Mulher, Giselle Ferreira, ressaltou a importância do tratamento do agressor e sua reincorporação às relações sociais respeitosas e sem o uso da violência. “A responsabilidade de combater a violência contra a mulher é de toda a sociedade. Estabelecer ambientes de apoio para homens agressores é um investimento na construção de um Distrito Federal mais seguro para todas as mulheres. A finalidade desses espaços não é justificar ou minimizar a violência, mas, sim, abordar suas causas, fomentar a responsabilidade e avançar em direção a uma sociedade mais segura e igualitária”, reforça.

Conhecidos como os antigos Núcleos de Atendimento à Família e aos Autores de Violência Doméstica (Nafavds), os atendimentos eram realizados na sede do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) de Sobradinho. O novo espaço foi ampliado para aumentar o número de acolhimentos por parte da equipe multidisciplinar da Secretaria da Mulher, formada por profissionais das áreas de psicologia, serviço social e pedagogia. Todo o mobiliário foi renovado e novos computadores adquiridos para os atendimentos on-line, além do aumento de servidores.

Arte: SMDF

Com o objetivo de provocar reflexões sobre as questões de gênero, além de incentivar a comunicação e a expressão dos sentimentos e também de entender o que diz a lei, os espaços oferecem serviços, presenciais e on-line, de acolhimento, escuta qualificada, atendimentos individuais ou em grupo, acompanhamento psicossocial, monitoramento pós-desligamento e encaminhamento a outros órgãos da rede de enfrentamento à violência doméstica, quando necessário. Também há uma sala para que as mulheres possam levar seus filhos, que terão um espaço adequado e lúdico para ficarem durante as sessões.

Espaço Acolher

Os Espaços Acolher existem desde 2003, quando foi aberta a primeira unidade do equipamento na sede do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), em Samambaia. Segundo dados da secretaria, de janeiro a setembro de 2023 foram realizados 6.676 atendimentos.

Os oito locais espalhados pelo DF, antes só recebiam mulheres e homens a partir de encaminhamentos judiciais e da Casa Abrigo, enquadrados na Lei Maria da Penha, envolvidos em situações de violência doméstica e familiar. Agora, qualquer um pode procurar ajuda.

Serviço
Cerimônia de abertura do Espaço Acolher – Sobradinho
– Dia: 24 de outubro
– Horário: 10h
– Local: QD.3 – Es 5, Ed Gran Via, salas de 115 a 119
– Sobradinho/DF

LEIA TAMBÉM