21.5 C
Brasília
23 fev 2024 04:23


Doenças relacionadas a saúde mental não são visíveis

Este é o terceiro artigo publicado nesta coluna e sempre que me sento para escrever fico meditando sobre qual tema devo abordar. São tantos assuntos que chego a ficar confuso e até um tanto quanto indeciso.

Falar sobre saúde mental ainda exige um certo cuidado. É muito importante que o leitor vá se tornando uma pessoa interessada neste assunto e entendendo que, infelizmente, ainda existem muitas distorções sobre este problema que atinge grande parte da população, mas que na maioria esmagadora das vezes não será percebida e nem notada a “olho nu”.

Já pensou nisso?

Doenças relacionadas a saúde mental não são visíveis, o que as tornam ainda mais incompreensíveis para quem não as tem.

A falta de informações corretas e a ausência de ampla divulgação de campanhas educativas e de prevenção abrem espaço para o senso comum prevalecer sobre o conhecimento técnico e científico. Assim surgem os preconceitos ou as interpretações equivocadas que deseducam as pessoas criando ainda mais dificuldade para se compreender a complexidade e a importância de se falar sobre saúde mental com mais naturalidade e com menos receios ou medos.

Tenho escrito estes primeiros textos aqui nesta coluna TÁ FROID? pensando em uma abordagem que possa criar uma conecção da saúde mental com todas as outras áreas da vida das pessoas. A saúde mental é uma área que durante muitas décadas foi deixada de lado por não haver uma psicoeducação, ou seja, uma educação com informações mais esclarecedoras sobre o psiquismo humano e as repercussões positivas e negativas que ela pode exercer sobre o comportamento dos indivíduos e os impactos na sociedade.

Para tornar ainda mais elucidativo este tema sobre saúde mental e sua relevância em nossas vidas quero dizer que o nosso psiquismo está na base que sustenta todas as nossas decisões e escolhas durante a vida.

Se não existir um funcionamento minimamente estável do nosso aparelho mental teremos imensas dificuldades para gerenciar situações menos complexas e grandes impeditivos mentais surgirão diante de tarefas que não mereceriam muito investimento emocional.

Parar e analisar a sua saúde mental, do meu ponto de vista, é tão importante como se alimentar, sem saúde mental ou com uma saúde mental precária a tendência é que o ser humano não consiga alcançar em sua vida a verdadeira plenitude em suas conquistas e realizações.

Não importa em que fase da vida você está agora, nunca é tarde demais para definir (ou redefinir) seus objetivos e criar um plano para tornar sua vida cada dia mais revigorante e se tornar um SER HUMANO CADA VEZ MELHOR.

Saiba que é possível e não tão complicado como você pensa. É um processo que tem início na tomada de decisão e na definição de metas que poderão lhe ajudar a dar os passos necessários nesta jornada em busca do seu desenvolvimento pessoal.

Sim, saúde mental e desenvolvimento pessoal se conversam muito mais do que você imagina. Que tal tentar ou até mesmo aprimorar o que você já vem fazendo neste sentido?

Espero que essa mensagem lhe inspire e ajude em suas conquistas e realizações

Mãos à obra

LEIA TAMBÉM

Brasília
céu limpo
21.5 ° C
21.5 °
19.8 °
83 %
0.5kmh
0 %
sex
22 °
sáb
25 °
dom
26 °
seg
26 °
ter
22 °

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever