Em ato unificado deputado Jorge Vianna pede defesa da bandeira do SUS

43


Print Friendly, PDF & Email

Distrital também criticou Reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional

Por Kleber Karpov

Na noite de segunda-feira (5), o deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), participou do Ato Nacional Unificado em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), em frente ao no Museu da República.  O movimento reuniu integrantes da 16ª Conferência Nacional de Saúde, estudantes, representantes de entidades sindicais e de outros parlamentares.

Durante o ato, Vianna discursou em carro de som, pediu a valorização da bandeira do Sistema Único de Saúde (SUS) e a defesa dos trabalhadores da Saúde.  “O SUS, assim como o sindicato, tem o papel fundamental de defender o trabalhador. Como falar em SUS e em saúde pública sem falar das condições de trabalho? A cada ano, o orçamento da saúde vem diminuindo e, a cada ano, as doenças vêm aumentando. Os parlamentares têm obrigação de serem guardiões dos recursos públicos e não deixar sair dinheiro público do SUS para outras pastas”, disse Vianna.

O deputado também criticou a Reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, ao comparar as condições de trabalhadores da Saúde de países desenvolvidos, em relação a realidade dos trabalhadores no Brasil.

Publicidade

“Não tem sentido nós mexermos na reforma previdenciária em um país que o auxiliar de enfermagem e um enfermeiro ainda fiquem fazendo força levantando  paciente da cama, enquanto em outros países eles são suspensos por guindastes. Assim, lá eles podem trabalhar com 80, 90 anos, aqui não. Aqui a gente não consegue ficar com 60 anos com a saúde perfeita.”, disse.

Fonte: Jorge Vianna