21.5 C
Brasília
17 jun 2024 13:42


Aluno do Piauí vence etapa brasileira do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo 2024

Estudantes apresentaram soluções para meio ambiente, água e sustentabilidade

O estudante Manoel José Nunes Neto, do Colégio São Francisco de Sales Diocesano no Piauí, foi o vencedor da etapa brasileira do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo 2024 (Stockholm Junior Water Prize – SJWP), realizada hoje no Teatro do Cultural Banco do Brasil (CCBB). Manoel, de 17 anos, é autor do projeto “Rover aquático autônomo para monitoramento da qualidade da água: uma ferramenta portátil de baixo custo”. Junto com jovens de mais de 40 países, o estudante piauiense concorrerá à final internacional do prêmio, a ser realizada no dia 27 de agosto em Estocolmo, na Suécia.

O prêmio é promovido pela Câmara Brasileira de Comércio na Suécia (Brazilcham Sweden), tendo como parceira da final no Brasil a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb). Elisa Sohlman, CEO da Câmara Brasileira, ao abrir a cerimônia de premiação, se emocionou: “Esta iniciativa é um divisor de águas na vida de muitos dos nossos jovens brasileiros e reflete a força, a paixão e o potencial da gente aqui do Brasil. Cada participante carrega em si, não apenas a esperança de um futuro melhor, mas também a certeza de que suas contribuições são valiosas e necessárias”.

Premio Jovem da Água de Estocolmo 2024 – Foto: Cristiano Carvalho/Caesb

A secretária-geral da Caesb, Grazielle Borges, ao falar aos concorrentes ao prêmio, lembrou que o envolvimento de estudantes na causa do meio ambiente é importante para que se busquem soluções científicas a problemas climáticos, que resultam em tragédias como a que está ocorrendo no Rio Grande do Sul. Ela ressaltou que a companhia doou 45 mil copos de água e 3 mil cobertores à Defesa Civil gaúcha para atender os desabrigados pelas enchentes.

Grazielle Borges lembrou dos resultados alcançados pela companhia em termos de avanços na área de saneamento. “A Caesb atendeu as metas do Marco do Saneamento ainda em 2021, com 12 anos de antecedência”, ressaltou. “Podemos considerar que a universalização de água já é uma realidade no DF com 99% da população atendida por água de qualidade. Além disso, 92,31% da população também dispõe de coleta e tratamento de esgoto, sendo 100% desse esgoto tratado”.

A etapa Brasil do prêmio foi integrada à agenda de eventos comemorativos ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado neste 5 de junho. Para a cerimônia de premiação, a Caesb apresentou aos estudantes o Expresso Ambiental. É um ônibus que transporta uma maquete de seis metros mostrando o Ciclo do Saneamento no DF, indo desde a captação da água bruta até a devolução de água tratada à natureza.

Visita

No domingo (2), um grupo dos 30 jovens cientistas participantes do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo visitou a mais importante Estação de Tratamento de Água da região central de Brasília, a ETA Brasília, em funcionamento desde 1960.

 

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever