15.5 C
Brasília
20 maio 2024 05:40


Comércio de Dia das Mães pode injetar cerca de 334 milhões na economia do Distrito Federal

Sobe para 79% a intenção de compras dos consumidores. A previsão é que as vendas cresçam, em média, 19,4% neste feriado

Por Lurya Rocha

Pesquisa do Instituto Fecomércio-DF (IFDF) revela que o Dia das Mães pode movimentar R$ 334,5 milhões na economia do Distrito Federal. A população em peso está disposta a presentear, já que 79% dos consumidores entrevistados pretendem comprar lembranças neste ano. Isso significa um aumento próximo de 7% em relação aos 73,8% marcados em 2023. Os lojistas, por sua vez, esperam um crescimento médio de 19,4% nas vendas.

Infográfico: FecomércioDF

A série histórica reflete uma pequena queda na expectativa devido ao aumento da categoria de lojistas que esperam vendas menores que as do ano passado, totalizando 9% das previsões. Outros 26% possuem expectativas iguais. Porém, a maioria dos comerciantes (65%) ainda acredita em vendas maiores que o efetivamente alcançado no Dia das Mães de 2023.

O preço médio do presente passou de R$ 226,77 para R$ 242,41, segundo os consumidores entrevistados. O público masculino está disposto a fazer compras mais caras, na média de R$ 257,23, enquanto o valor médio das compras das mulheres deve ser R$ 233,62.

“Essa tendência positiva de incremento nas vendas do comércio pode ser atribuída às condições atuais da economia, com inflação controlada e possível melhoria na situação financeira dos consumidores brasilienses em relação ao ano anterior”, avalia o presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido Freire.

Em relação aos valores dos produtos, grande parte dos lojistas (72,7%) vai manter a precificação do ano passado. Outros 19,2% devem aumentar, e 8,1% planejam diminuir os valores. Para aqueles que irão alterar os preços, a pesquisa previu um aumento de 10,98%. As principais justificativas para o aumento é o repasse de fornecedores (45,1%), seguido pelo aumento de impostos (30,1%) e aumento na margem de lucro (13,3%). Entre os que optaram por diminuir os preços, as principais motivações são atrair mais clientes (37,5%), adequar ao cenário de crise (27,1%) e aumentar as vendas (20,8%).

Para impulsionar o comércio, 91,2% dos donos de negócios pretendem utilizar estratégias de vendas durante o feriado. Entre as mais populares estão a promoção (20,9%), divulgação com propagandas (17,3%), diversidade de produtos (16,5%) e visibilidade da loja (11,5%).

Consumidores

A expectativa de compras do público feminino (78%) manteve a constância e alcançou um índice próximo ao observado no ano passado (77%). O destaque foi o expressivo crescimento da intenção de compra entre os homens (79%), mensurada 10 pontos percentuais acima da medição anterior.

Entre os 21% dos entrevistados que não pensam em presentear neste feriado, 48,1% afirmaram não ter a quem dar presentes, 20,3% indicaram dificuldade financeira, 15,2% estão desempregados e 16,4% apresentaram outros motivos.

Mantendo um comportamento similar ao visualizado em 2023, os dias preferidos para compra dos presentes são aos finais de semana, com destaque para o sábado que possui 34,1% das preferências, durante o período da tarde. As lojas de rua, bairros e shoppings são os locais mais buscados pela maior parte dos consumidores (62,3%). Em seguida aparecem a internet (13,4%), feiras (9,8%) e supermercados (7,3%).

Os produtos mais visados pelo público serão roupas (23,5%), cosméticos e perfumes (20,7%) e calçados (17,7%), que juntos totalizam 61,9% das escolhas.

Infográfico: FecomércioDF

Pagamentos no crédito foram a opção preferida por 42% dos consumidores, seguidos por dinheiro (21,3%), Pix (19,8%) e débito (16,9%). Essas três últimas formas totalizam 58% das intenções, ou seja, pouco mais da metade prefere quitar suas dívidas imediatamente.

Metodologia

Para a pesquisa de expectativa de compras e vendas no Dia das Mães 2024, foram entrevistados 739 consumidores, abordados de forma aleatória em diferentes pontos de circulação do Distrito Federal. A pesquisa entre os lojistas foi direcionada aos proprietários e gerentes de forma telefônica, totalizando entrevistados de 589 empresas de diversos segmentos, priorizando aqueles diretamente impactados pela data comemorativa para obter representatividade no universo da pesquisa. Para o cálculo estatístico, considerou-se margem de erro de, aproximadamente, 5%.

Depositphotos Parceiro Política Distrital

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever