13.5 C
Brasília
28 maio 2024 07:45


Ibaneis publica decreto para contratação de 150 brigadistas florestais para combate a incêndios

Medida estabelece estado de emergência ambiental no DF e visa fortalecer ações de prevenção, como resposta rápida aos riscos em função das mudanças climáticas

Em uma ação preventiva frente aos desafios impostos pelas mudanças climáticas, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, publicou, nesta quarta-feira (17), no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), o Decreto nº 45.705/2024, que declara estado de emergência ambiental no DF, válido de junho a novembro deste ano, para prevenir e minimizar os efeitos dos incêndios florestais na região.

Decreto emergencial possibilita a contratação de 150 brigadistas para combater focos de incêndios florestais no DF | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

De acordo com o decreto, o Plano de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (Ppcif), criado em 2016 e coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente e Proteção Animal (Sema-DF), será o eixo central das operações durante o período de emergência. A medida possibilita a contratação de 150 brigadistas para combater focos de incêndios florestais no DF. O Ppcif engloba uma ampla rede de órgãos federais e distritais, incluindo unidades militares e instituições ambientais.

Esses profissionais, assim como no ano anterior, atuarão nas unidades de conservação, realizando vigilância, monitoramento e educação ambiental. As ações incluem a abertura de aceiros, cercamento de áreas protegidas e outras medidas preventivas. A iniciativa possibilita atuar com mais foco nas ações de prevenção e de combate a incêndios dentro das unidades de conservação e em áreas de grande relevância do bioma Cerrado.

Os profissionais atuarão nas unidades de conservação, realizando vigilância, monitoramento e educação ambiental

Segundo o secretário do Meio Ambiente, Gutemberg Gomes, o Governo do Distrito Federal (GDF) se mostra cada vez mais preocupado com a questão dos incêndios florestais, tendo em vista as mudanças climáticas que assolam o planeta. “É crucial que medidas preventivas sejam implementadas de forma proativa para proteger não apenas o nosso Cerrado, mas também as comunidades que vivem nessas áreas”, comentou.

A coordenadora técnica do Ppcif, Carolina Schubart, destacou a importância da medida emergencial para o planejamento das ações previstas para todo o ano: “Com este decreto, podemos implementar ações vitais, de forma preventiva e eficaz, para mitigar os riscos durante o período crítico de estiagem, garantindo assim a preservação do meio ambiente e a segurança e o bem-estar da população local”.

O que é o Ppcif

O Plano de Prevenção de Combate a Incêndios Florestais funciona como um sistema de parcerias institucionais que visam à proteção do Cerrado. O plano conta com uma estratégia de ação própria e possui como princípios a integração e a cooperação mútua, objetivando a otimização da aplicação dos recursos humanos e materiais disponíveis.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever