14.5 C
Brasília
28 maio 2024 09:01


Fóruns debatem cenários de vacinação e de doenças imunopreveníveis no DF e no Brasil

Eventos, com início nesta quarta-feira (17), apresentam cenários local e nacional com temas como imunização segura, desafios e conquistas, resultados de monitoramentos, entre outros

Profissionais de saúde, gestores e estudantes da área participam do VII Fórum de Imunização e do IV Fórum de Doenças Imunopreveníveis do Distrito Federal. Ambos tiveram início nesta quarta-feira (17) e vão até quinta-feira (18). O objetivo é compartilhar informações e conhecimentos sobre os principais temas da atualidade dentro do cenário epidemiológico do Brasil e Distrito Federal.

Camila Menezes, chefe de gabinete da SES-DF, reforçou o papel da vacinação para uma proteção coletiva: “A partir do momento em que bebemos da ‘água’ da imunização, nunca mais ficamos sem ela” | Foto: Ualisson Noronha/Agência Saúde-DF

Pela manhã, palestras promoveram espaços de discussão acerca de assuntos relacionados à vacinação segura, ao risco de reintrodução do sarampo no Brasil, imunobiológicos especiais etc. O primeiro tema foi apresentado pela consultora técnica do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Cibelle Cabral. Ela abordou a farmacovigilância de vacinas no país e destacou a importância da segurança dos imunizantes como forma de combater fake news e hesitações perante as vacinas.

Eventos reuniram profissionais de saúde, gestores e estudantes da área para compartilhar informações e conhecimentos sobre os principais temas da atualidade dentro do cenário epidemiológico do Brasil e Distrito Federal | Foto: Ualisson Noronha/Agência Saúde-DF

Representando a secretária da pasta, Lucilene Florêncio, a chefe de gabinete da SES-DF, Camila Menezes, reforçou o papel da vacinação para uma proteção coletiva. “A partir do momento em que bebemos da ‘água’ da imunização, nunca mais ficamos sem ela. A secretária enfatiza que as vacinas devem estar onde a população está. Ela acredita na imunização e é uma honra representar nossa gestora. Nestes dois dias, vamos nos dedicar a aprender e nos capacitar para oferecer o melhor cuidado à nossa população”, afirmou.

O evento foi organizado pela Gerência de Imunização e Rede de Frio (GRF) e pela Gerência de Vigilância das Doenças Imunopreveníveis e de Transmissão Hídrica e Alimentar, ambas da Secretaria de Saúde (SES-DF). “Sabemos que a vacinação é essencial para evitar o retorno das doenças. Este fórum foi planejado com muito cuidado pelas duas gerências. Nosso objetivo é compartilhar o que está acontecendo de mais atual no país e no mundo para empoderar aqueles que trabalham com saúde, que são nossos verdadeiros porta-vozes junto à comunidade”, apontou a gerente da Rede de Frio da SES-DF, Tereza Luiza Pereira.

Programação

Nas palestras e debates desta quarta (17), os participantes recebem informações sobre o cenário epidemiológico das doenças imunopreveníveis, bem como os desafios e conquistas dos serviços públicos e privados de vacinação. Também serão apresentadas as ações e os resultados obtidos no Monitoramento Rápido de Vacinação (MRV).

Na quinta (18), o fórum segue das 8h às 12h, no auditório da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Além de debates referentes aos vírus respiratórios no DF e às ações de vacinação nas escolas. Haverá ainda o compartilhamento de experiências bem-sucedidas em Vigilância Epidemiológica de doenças imunopreveníveis e imunização no DF.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever