13.5 C
Brasília
28 maio 2024 07:24


Arapoanga: Vacinação e combate à dengue marcam o 27º GDF Mais Perto do Cidadão

Arapoanga recebeu ações de enfrentamento à doença e importantes serviços de apoio à comunidade, como emissão de carteira de identidade, inscrições em programas sociais, entre outros

Por Victor Fuzeira

A Unidade Básica de Saúde (UBS) 5 de Arapoanga foi palco, neste sábado (13), da 13ª edição do Dia D de combate à dengue, iniciativa promovida pelo Governo do Distrito Federal (GDF) na luta contra o Aedes aegypti – mosquito transmissor da doença. A ação ocorreu durante a 27ª edição do GDF Mais Perto do Cidadão, que ofereceu uma gama de atendimentos e serviços aos moradores da região administrativa.

Na ocasião, além da vacinação de crianças e adolescentes com idades entre 10 e 14 anos, 18 agentes comunitários de saúde (ACS), 15 agentes de vigilância ambiental em saúde (Avas) e 150 bombeiros militares atuaram na cidade realizando visitas domiciliares para identificar eventuais focos de proliferação do mosquito e orientar a população sobre a prevenção à doença. Quatro drones e 12 viaturas de fumacê reforçaram a ação.

A vice-governadora Celina Leão destacou o empenho do GDF no enfrentamento à epidemia. “Todos os dias da semana nós escolhemos uma região administrativa e fazemos esse trabalho. É um trabalho de prevenção, é aquele dia onde a gente faz um mutirão para eliminar os focos de dengue nas cidades”, explicou.

A gestora lembra que, durante a força-tarefa, também são ofertados atendimentos aos pacientes suspeitos da doença, incluindo avaliação clínica, hidratação e manejo, caso necessário. “Além do mutirão, nós também temos o atendimento às pessoas com sintomas de dengue e vários outros serviços prestados à comunidade, desde o atendimento às crianças até a vacinação aos animais”, acrescentou.

Mais cedo, a vice-governadora participou da inauguração da tenda de acolhimento de pacientes com dengue no Paranoá. A unidade está entre as 11 contratadas pelo GDF e fará atendimentos 24h, com capacidade de realizar exames com resultados em até dez minutos.

“Já inauguramos três tendas e essas primeiras são aquelas que irão funcionar 24 horas e estão em regiões estratégicas do DF. Neste domingo (14), vamos inaugurar a de Planaltina, que ficará ao lado do hospital regional. A gente acredita que isso vai desafogar muito a nossa rede, para a gente atender outras especialidades”, detalhou.

Isaque Lopes aproveitou o GDF Mais Perto do Cidadão para colocar as vacinas em dia

Segundo a secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio, somado à nova instalação, Planaltina terá reforço no quadro de profissionais de saúde, que fazem parte dos 461 médicos contratados temporariamente pelo GDF com a missão de fortalecer as equipes do Sistema Único de Saúde (SUS). “Teremos 16 médicos generalistas encaminhados para o Hospital Regional de Planaltina”, adiantou a titular da pasta durante o GDF Mais Perto do Cidadão.

Vacinação

No DF, a campanha de imunização contra a dengue é exclusiva para crianças e adolescentes com 10 anos a 14 anos de idade completos. A vacina é aplicada em duas doses, com intervalo de 90 dias entre elas.

“Hoje, nós temos a vacina QDenga, que está sendo ofertada nas nossas UBSs e nos nossos equipamentos públicos. O DF tem um lote de imunizantes que vai até 30 de abril e esse lote, com certeza, será todo ele administrado. Nós pedimos que a população venha até os nossos equipamentos, procure uma unidade básica de saúde ou um desses nossos postos volantes para atualizar o calendário vacinal, o cartão de vacinação”, enfatizou a secretária.

Maria Domingas Barbosa: “É muito bom ter essa ação perto de casa. O atendimento é muito rápido e acho uma iniciativa muito importante para a comunidade, especialmente para quem não tem condições de se deslocar”

Para se vacinar, basta um dos pais ou o responsável comparecer em um dos 90 postos de vacinação espalhados pela capital portando documento de identificação e a caderneta da criança. Foi o que fez a dona de casa Maria José dos Santos Lopes, 50 anos. Ela aproveitou o mutirão de vacinação na UBS 5 de Arapoanga para colocar as vacinas do filho Isaque, de 12 anos, em dia.

“Trouxe ele para vacinar contra a dengue. É um gesto importante para evitar a doença. O irmão dele já teve dengue e ficou crítico, por isso, é preciso ter esse cuidado. Faço um apelo para que as mães tragam seus filhos para vacinar, que tenham esse cuidado com seus filhos”, defendeu.

Cuidado com a população

Somado às ações de combate à epidemia de dengue, a 27ª edição do GDF Mais Perto do Cidadão viabilizou o acesso da população a importantes serviços de apoio à comunidade, como emissão de carteira de identidade, inscrições em programas sociais, atendimentos pela Defensoria Pública, cortes de cabelo, testes rápidos e vacinações, inclusive de animais.

“Estamos cada vez mais estruturados nesse projeto, que agora já é um programa de governo. Chegamos à 27ª edição e, agora, semanalmente estamos acompanhando as ações de combate à dengue do GDF”, ressaltou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. “Nosso objetivo é trazer os serviços do governo para perto do cidadão, de modo com que ele possa fazer o uso desse serviço, que é tanto para ele quanto para toda a família”, completou a titular da Sejus.

A dona de casa Maria Domingas Barbosa, 39, ficou sabendo que o programa estava na cidade e não perdeu tempo: levou os cães Totó e Billy para tomar a vacina antirrábica oferecida gratuitamente pela rede pública. “É muito bom ter essa ação perto de casa. O atendimento é muito rápido e acho uma iniciativa muito importante para a comunidade, especialmente para quem não tem condições de se deslocar”, avaliou.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever