22.5 C
Brasília
21 maio 2024 00:45


Equipes do GDF iniciam reparos emergenciais em trecho de pista do Setor Policial Sul

Técnicos da Caesb atuam ininterruptamente no local para reparar os danos na rede de esgoto e liberar o trânsito por completo para os motoristas

Por Josiane Borges

Na noite desta quarta-feira (3), equipes do Governo do Distrito Federal (GDF) iniciaram os trabalhos para reparar o asfalto e uma corrosão na rede de esgoto em um trecho da via no Setor Policial Sul. Os trabalhos serão feitos de forma ininterrupta pelos técnicos da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) até a completa finalização.

Já no início da noite, os maquinários e técnicos da companhia iniciaram a escavação do trecho para o trabalho de recuperação. “Após a escavação, iremos avaliar a extensão até onde a rede está comprometida. A próxima etapa será a substituição do material corroído e, em seguida, a recuperação do asfaltamento. Trabalharemos durante toda a noite para solucionar o problema o mais rápido possível”, detalha o diretor de Produção e Manutenção da Caesb, Carlos Eduardo Pereira.

“Estamos avaliando, mas percebemos que foi um desgaste natural da tubulação da rede de esgoto. Os gases corrosivos, ao entrar em contato com a parte superior da rede, provocaram um rompimento, resultando no cedimento do solo e do asfalto”, explica o diretor de Produção e Manutenção da Caesb, Carlos Eduardo Pereira

De acordo com a Caesb, o afundamento do asfalto na via foi decorrente de uma corrosão na rede. “Estamos avaliando, mas percebemos que foi um desgaste natural da tubulação da rede de esgoto. Os gases corrosivos, ao entrar em contato com a parte superior da rede, provocaram um rompimento, resultando no cedimento do solo e do asfalto”, explica o gestor da Caesb.

Ação rápida

Assim que o asfalto cedeu, diversos órgãos do GDF foram acionados e compareceram ao local para tomar todas as medidas necessárias para garantir a segurança dos motoristas e pedestres. A área foi rapidamente isolada com uma boa margem de segurança e os órgãos foram mobilizados para executar os devidos reparos.

“Além da alça de acesso onde os trabalhos estão sendo executados, mais um trecho da pista do Setor Policial no sentido Sudoeste ficará fechado para a execução dos trabalhos”, diz o assessor técnico da Defesa Civil, capitão Renato Augusto Silva

De imediato, o trânsito foi interditado pelo Corpo de Bombeiros Militar do DF e pelo Departamento de Trânsito (Detran-DF). Mais de 12 viaturas e 30 agentes trabalharam para garantir a segurança viária do local. Técnicos e engenheiros da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil também estiveram presentes e fizeram uma vistoria no trecho da via.

“Fomos acionados e rapidamente viemos vistoriar o local, assim como outros órgãos, como Secretaria de Obras, Novacap, Detran, DER, tudo para garantir a segurança das pessoas. Além da alça de acesso onde os trabalhos estão sendo executados, mais um trecho da pista do Setor Policial no sentido Sudoeste ficará fechado para a execução dos trabalhos”, diz o assessor técnico da Defesa Civil, capitão Renato Augusto Silva.

Mudanças no trânsito

Para a execução da obra, o Detran interditou um trecho de cerca de 500 metros da faixa da esquerda na altura do viaduto da EPIG, do Setor Policial Sul, sentido Octogonal. Com isso, os motoristas que seguem em direção ao Sudoeste utilizam apenas a faixa da direita nesse perímetro.

A alça de acesso à EPIG, porém, seguirá interditada, em razão das obras. O Detran orienta os motoristas a utilizarem rotas alternativas, como a EPGU, EPIA, EPNB, EPIG, Eixo Rodoviário Sul e Parque da Cidade.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever