22.5 C
Brasília
21 maio 2024 00:46


Em 11ª edição, Dia da Mulher oferece serviços diversificados ao público feminino

Ação será realizada no Nuclão da Defensoria nesta segunda-feira (1º/4), das 8h às 17h, com foco direcionado a quem se encontra em situação de vulnerabilidade

A 11ª edição do Dia da Mulher da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) ofertará atividades educativas de autocuidado, como prática de esportes e atividades físicas, alimentação e música, além de avaliação odontológica e encaminhamento para atendimentos. A ação será realizada no Nuclão da DPDF (Setor Comercial Norte, Quadra 1, Edifício Rossi Esplanada Business, próximo ao Hran), nesta segunda-feira (1º/4), das 8h às 17h, com serviços gratuitos ao público feminino em situação de vulnerabilidade.

“O foco é atender mulheres vulneráveis que, frequentemente, enfrentam barreiras significativas para acessar recursos legais devido a restrições financeiras”

Emmanuela Saboya, subdefensora pública-geral

Os serviços serão prestados pelo Instituto Aria. Haverá ainda avaliação fisioterapêutica, terapia manual, liberação miofascial e massagem relaxante, ofertadas pela Faculdade Anhanguera. O Núcleo Integrado de Atendimento à Mulher da Polícia Civil do DF (PCDF) também participará da ação, oferecendo atendimento psicológico a vítimas de violência doméstica, além de orientação e sessão de terapia.

O Dia da Mulher da Defensoria Pública do DF ocorre na primeira segunda-feira de cada mês – caso seja feriado, no primeiro dia útil subsequente. “O foco é atender mulheres vulneráveis que, frequentemente, enfrentam barreiras significativas para acessar recursos legais devido a restrições financeiras”, afirma a subdefensora pública-geral Emmanuela Saboya. “O intuito é oferecer o máximo de serviços gratuitos, garantindo que os direitos delas sejam respeitados e que elas tenham acesso igualitário a serviços essenciais”.

Serviços gratuitos

O Dia da Mulher terá atendimento psicossocial e de mediação, além de orientação jurídica, acompanhamento processual e exames de DNA. Os serviços ficarão a cargo das subsecretarias de Mediação e Cultura de Paz e de Atividade Psicossocial e dos núcleos de Assistência Jurídica da Santa Maria, de Iniciais e da Fazenda Pública da DPDF. Pelo Instituto da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF), haverá ainda oferta de vagas de estágio de ensino médio, técnico e superior e vagas para jovem aprendiz ao público de 14 a 24 anos .

A Secretaria da Mulher (SMDF) participará com a entrega de kits e panfletos informativos, além da prestação de orientações a mulheres vítimas de violência. A ação contará também com a prevenção e o enfrentamento da violência doméstica contra a mulher, disponibilizados pelo Núcleo Judiciário da Mulher do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

Às mulheres em situação de vulnerabilidade social assistidas pela DPDF, o Serviço Social do Comércio (Sesc) oferecerá mamografia, exames citopatológicos, distribuição de vouchers para a inserção de DIU, odontologia e consultas com uma médica da família e com profissionais de enfermagem.

Cadastros, emprego, regularização

A ação contará ainda com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), que fará cadastros para o programa Senac Cursos de Gratuidade e levará a Carreta da Beleza, com serviços voltados à autoestima da mulher, como cortes de cabelos, tranças e depilação de face e buço – sempre no período matutino.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do DF (Sedet) informará sobre vagas de emprego e oferecerá atendimentos como CTPS Digital, seguro-desemprego, orientação profissional, Cesta do Trabalhador, inscrições e orientações para diversos cursos de qualificação profissional e de orientações para o programa Prospera, de microcrédito.

Pela Secretaria da Pessoa com Deficiência do DF (SEPD), as mulheres terão acesso a Cadastro da Pessoa com Deficiência, Carteira de Identificação para Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, orientações sobre passe livre especial e sobre Benefício de Prestação Continuada (BPC) e distribuição de material informativo.

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), por sua vez, prestará atendimentos referentes à regularização e à inscrição em programas habitacionais. Já a Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), por meio da Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência (Subav), prestará apoio psicossocial às vítimas de violência e seus familiares.

Também parceira do evento, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) disponibilizará exames de autocoleta de prevenção do câncer do colo do útero para as mulheres de 30 a 49 anos. O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Móvel, da Secretaria de Desenvolvimento Social do DF (Sedes), distribuirá 100 senhas para acesso a serviços socioassistenciais. E a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) distribuirá água potável ao longo de todo o evento.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever