23.5 C
Brasília
18 maio 2024 16:23


Terceiro lote do Cartão Material Escolar começa a ser pago nesta segunda

Benefício será creditado a partir das 17h para 51.153 estudantes contemplados; investimento é de quase R$ 15 milhões

O pagamento do terceiro lote do Cartão Material Escolar (CME) começa a ser creditado nesta segunda-feira (4), a partir das 17h. Nesta etapa serão contemplados 51.153 estudantes, entre alunos do ensino médio, Educação para Jovens e Adultos (EJA) e ensino especial. Também estão dentro da lista os alunos da educação infantil e ensino fundamental que não haviam sido contemplados nos lotes anteriores e atendem os critérios para receber o benefício. No total, o investimento do terceiro lote chega ao valor de R$ 14.832.240.

Cerca de 21 mil beneficiários deste lote já possuem o cartão físico para efetuarem as compras. Os contemplados que ainda não têm o documento devem comparecer às agências do Banco de Brasília (BRB), seguindo o cronograma estabelecido de acordo com a inicial do nome do responsável familiar para buscar o cartão.

A agência de retirada do cartão poderá ser consultada no site do GDF Social a partir do dia 6 de março.

Veja o cronograma para retirada do cartão na agência BRB:

→ 11/3: A-B;
→ 12/3: C-F;
→ 13/3: G-K;
→ 14/3: L-M;
→ 15/3: N-Z.

Os contemplados também poderão tirar dúvidas e consultar demais informações por meio do telefone 156 ou pelo site do GDF Social.

A Secretaria de Educação ressalta que um mesmo portador do cartão pode receber o benefício por dois ou mais estudantes, desde que estejam dentro dos critérios. É importante também que as famílias mantenham os dados cadastrais atualizados ao longo do ano, destacando a necessidade de informações como número do NIS, CPF do responsável familiar e do estudante, nome da mãe e nome do estudante para a localização eficiente do beneficiário.

Cartão Material Escolar

O CME é destinado a estudantes regularmente matriculados na rede pública de ensino do Distrito Federal, que tenham entre 4 e 17 anos, cujos pais ou responsáveis legais sejam beneficiários do Bolsa Família ou programa similar do governo federal. As famílias recebem R$ 320 para cada aluno matriculado na educação infantil e fundamental e R$ 240 para cada estudante do ensino médio.

O programa Material Escolar foi instituído pela lei nº 6.273/2019. É realizado em parceria da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (Sedet), conforme institui a portaria conjunta nº 2, de 19 de janeiro de 2023.

Este ano, foram cadastradas 339 papelarias que estão aptas a vender os materiais da lista fornecida pelas escolas da rede pública. Confira aqui a lista de papelarias credenciadas.

 

 

 

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever