19.5 C
Brasília
21 maio 2024 02:06


Lucilene Florêncio confirma estimativa de redução de casos de dengue em abril

Em debate promovido pelo jornal Correio Braziliense, gestora destacou que a missão da pasta é acolher e salvar vidas

Por Michelle Horovits

A secretária de Saúde do Distrito Federal, Lucilene Florêncio, destacou nesta quinta-feira (29) que, até a segunda quinzena de março, os casos de dengue no DF devem se estabilizar. “Isso é próprio da sazonalidade da doença. Agora estamos passando pelo máximo. Do ponto de vista epidemiológico, é prevista uma estabilização em abril e devemos vivenciar uma redução”, disse a gestora durante debate promovido pelo jornal Correio Braziliense.

Florêncio ressalta que a dengue está apresentando um comportamento atípico na região. “As condições climáticas favoráveis têm contribuído para um aumento significativo no número de casos, conforme apontado pelo Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), que indicava 30 áreas em baixo risco e cinco em médio risco em outubro. Em janeiro, tivemos uma grande elevação no número de casos, chegando a mais de 100 mil casos prováveis e 55 mortes confirmadas até o momento”, conta.

A chefe da pasta enfatiza que a SES construiu um plano de enfrentamento desde o final de 2023. “Estamos utilizando armadilhas, monitorando onde tem um maior número de ovos para fazer o uso do fumacê. São mais de 40 carros fazendo esse trabalho diariamente nos locais onde tem o mosquito adulto. E temos também as visitas aos domicílios”, elencou.

Florêncio destacou a necessidade de uma resposta urgente e coordenada diante do agravamento da situação, levando à busca de apoio externo. “Iniciamos com o reforço do Corpo de Bombeiros e dos agentes de vigilância ambiental. Contudo, diante da contínua curva ascendente de casos, foi imprescindível solicitar a intervenção do Exército. E graças ao apoio da Aeronáutica, estabelecemos um hospital de campanha crucial para lidar com a demanda crescente”.

A secretária encerrou seu discurso no debate agradecendo o apoio do Ministério da Saúde, da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), da Fiocruz e de todos os envolvidos na pesquisa e desenvolvimento da vacina contra a dengue.

Dia D no Sol Nascente

Em um esforço conjunto, a Secretaria de Saúde vai se unir a outras secretarias para realizar a oitava edição do Dia D de Combate, neste sábado (2/3), em Sol Nascente. A iniciativa se insere no evento “GDF Mais Perto do Cidadão”, que reúne diferentes serviços públicos, como emissão de documentos, atendimento psicológico, assistência social, etc.

Equipes da SES vão atuar tanto no atendimento a pacientes com sintomas da doença quanto na vacinação. Somado a isso, profissionais vão visitar residências e comércios da área, conscientizando os moradores.

O cidadão também vai ter oportunidade de resolver situações com equipes do Na Hora, da Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), da Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), do Departamento de Trânsito do DF (Detran) e da Neoenergia.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever