19.5 C
Brasília
15 abr 2024 07:45


DF vê expansão do empreendedorismo com aumento de MEIs e optantes do Simples Nacional

Atualização da plataforma ComunicaBR, do Governo Federal, mostra que o Distrito Federal teve um aumento de 15,92 mil empreendedores, somados os dois portes de empresas

Os dados positivos da economia brasileira no primeiro ano do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e inflação abaixo do teto da meta, refletem em condições favoráveis para o empreendedorismo no país. No Distrito Federal não foi diferente, e mais de 15,92 mil pessoas decidiram mudar de vida e seguir a vocação empreendedora em 2023.

A mais recente atualização da plataforma ComunicaBR, do Governo Federal, indica um crescimento expressivo em novos cadastros de Microempreendedor Individual (MEI) e optantes do Simples Nacional no DF.

De janeiro a dezembro de 2023, foram registrados 8,25 mil novos cadastros de MEI na capital federal. Agora, o total de Microempreendedores Individuais no DF chega a 264,30 mil pessoas.

No mesmo período, o Simples Nacional teve um incremento de 7,67 mil novos optantes no Distrito Federal, ampliando o número total para 125,92 mil empresas que se enquadram nesse regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos.

Plataforma

O ComunicaBR teve a mais recente atualização em 19 de fevereiro. Os relatórios permitem consultar transferências federais para estados e municípios e acompanhar a evolução e repasses de programas como Bolsa Família, Farmácia Popular, Mais Médicos, Brasil Sorridente, Benefício de Prestação Continuada, Auxílio Gás, entre diversos outros.

Desde que foi ao ar, em 8 de dezembro de 2023, a plataforma de transparência ativa registrou mais de 1,2 milhão de consultas. Também estão sendo desenvolvidas novas possibilidades de pesquisa e busca de informações por data para que os cidadãos possam ter acesso ao histórico do resultado dos programas federais.

Legado

O portal dá continuidade ao legado de transparência do Governo Federal, iniciado com a criação da Controladoria-Geral da União (CGU) em 2003, do Portal da Transparência em 2004, e do Projeto de Lei nº 5.228, de 2009, que foi promulgado em 2011 como a Lei de Acesso à Informação (LAI).

Como usar

A consulta é livre para todos os brasileiros. Ao entrar no site, o internauta escolhe o nível territorial dos dados que quer acessar: nacional, estadual ou municipal. Depois, seleciona a área do programa: Agricultura, Cultura, Educação, Emprego, Esporte, Saúde, Transferências ao Cidadão, Transferências aos Estados e Municípios.

Acesse o ComunicaBR

O site ComunicaBR mostra os dados dos programas que estão contidos em cada área. A plataforma também permite que o internauta baixe um arquivo em PDF com os dados visualizados e um relatório estadual com informações completas sobre a atuação do governo.

 

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever