26.5 C
Brasília
18 maio 2024 17:14


Diagnóstico rápido de doenças mentais garante tratamento eficaz

Chefe da psiquiatria do Hospital de Base destaca a relevância da identificação precoce

A saúde mental continua a ser um desafio significativo, muitas vezes atrasando a busca por ajuda e o entendimento de que o sofrimento pode ser parte de uma condição médica. O chefe da psiquiatria do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF), Sérgio Cabral, fala sobre o assunto e destaca a importância do diagnóstico rápido para um tratamento eficaz.

“O que acontece é que existe um estigma em relação à saúde mental, de uma forma geral, e à doença mental. Esse estigma continua presente, embora haja melhorias perceptíveis. Para muitas pessoas, entender e aceitar que estão enfrentando uma doença mental pode levar tempo”, afirma o médico.

Chefe da psiquiatria do Hospital de Base, Sérgio Cabral: “O diagnóstico inicial rápido é o melhor caminho, pois impede que a doença se agrave” | Foto: Divulgação/IgesD

O diagnóstico precoce é identificado pelo especialista como o ponto de partida no cuidado da saúde mental. “É o que vai garantir um melhor direcionamento aos profissionais de saúde. Antes de iniciar o tratamento, é fundamental realizar o diagnóstico, pois isso evita que a doença se agrave e se intensifique. Diagnosticar rapidamente é o primeiro passo para um tratamento mais eficaz”, explica.

Apesar de observar evoluções na percepção social em relação à saúde mental, Cabral ressalta que o estigma ainda persiste: “Por vezes, percebemos melhorias, mas mesmo assim ele está presente. Portanto, é crucial continuar trabalhando para reduzir esse estigma, conscientizando a sociedade sobre a importância do cuidado mental e incentivando a busca por ajuda sem receio”.

O médico enfatiza a necessidade de abordar as doenças mentais com a mesma seriedade que as físicas, promovendo um ambiente em que a busca por auxílio seja encorajada e compreendida: “O diagnóstico inicial rápido é o melhor caminho, pois impede que a doença se agrave, se intensifique. É muito importante garantir que esse diagnóstico seja feito da melhor maneira possível, proporcionando um suporte adequado aos pacientes desde o início do tratamento”.

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever