14.5 C
Brasília
18 maio 2024 10:39


Dengue: Ministério da Saúde e OPAS realiza visita técnica no Hospital Regional de Santa Maria

Finalidade foi verificar como tem ocorrido a assistência aos pacientes com dengue de toda a região

Por Jurana Lopes

Na tarde desta quarta-feira (31), o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) recebeu uma visita técnica de membros do Ministério da Saúde (MS), Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e membros da Secretaria de Saúde para avaliar a organização e fluxo dos atendimentos de pacientes com dengue.

O objetivo da visita é verificar as unidades que mais recebem pacientes do Entorno e analisar como tem sido a prestação dessa assistência e correlação destes pacientes, principalmente os de municípios vizinhos de Goiás. Além disso, verificar com a Vigilância Epidemiológica da região como tem sido a parte de controle de vetor. A visita ocorreu no Novo Gama, na UBS 1 de Santa Maria, na tenda da dengue e no HRSM.

Segundo a superintendente do Hospital Regional de Santa Maria, Eliane Abreu, a visita do Ministério da Saúde gera no time HRSM a perspectiva de dias melhores no que tange apoio e integração em rede.

“Temos um volume expressivo e rotineiro de atendimentos e, a sazonalidade da dengue para o adulto e para a Pediatria tem nos provocado ainda mais a reestruturar nossos processos de trabalho para a garantia do acesso e do atendimento seguro aos nossos usuários do SUS. Abrir as portas para entidades como o Ministério e a OPAS nos faz acreditar na parceria em rede, entre DF e Entorno Sul de Goiás”, avalia.

Durante o acompanhamento, o corpo técnico visitou as instalações dos prontos-socorros adulto e infantil e o Ambulatório de Dengue. Depois disso, a superintendência apresentou dados robustos de atendimentos, regiões do Entorno que mais demandam atendimento no HRSM, taxas de ocupação, número de atendimentos por local de origem dos pacientes, além de discutir a importância da integração da rede, principalmente em situações de crise ou sazonalidade.

HRSM aponta dados de atendimentos – Foto: IGESDF

Na avaliação do gerente de Emergência do HRSM, Felipe Augusto Oliveira, a visita do MS e o contato direto com o órgão federal é fundamental para que se consiga manter um serviço de saúde cada vez mais fortalecido.

“É uma visita para certificar de que estamos no caminho certo e para possibilitar a troca de experiências a nível nacional e assim, ajustar nossas práticas, seja mostrando experiências exitosas no nosso serviço que podem ser aproveitadas em outras unidades da federação ou aprendem com o que vem sendo produzido em outros locais”, destaca.

Mariane Chefe de Serviços de Enfermagem do Pronto Socorro Adulto; Layana Chefe de Serviços de Enfermagem do Pronto Socorro Infantil;  Vanessa de Oliveira Silva Chefe de Núcleo de Enfermagem de Emergência, Ambulatório e Internações

As chefias de Serviços de Enfermagem dos prontos-socorros adulto (Mariane Xavier) e infantil (Layana Lopes) acreditam que a presença do Ministério da Saúde no hospital foi bem relevante, considerando o atual quadro vivenciado pela saúde pública do DF.

“Foi uma forma de compartilhar conhecimento, bem como apresentar como a instituição está se organizando a fim de oferecer aos usuários atendimento efetivo e eficaz para a abordagem adequada da condição clínica evidenciada na dengue”, concluem.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever