21.5 C
Brasília
18 maio 2024 23:05


Inscrições Abertas: Projeto Comunicador do Futuro oferece cursos de comunicação e audiovisual

São 240 vagas para as oficinas de fotografia, gerenciamento de redes, operador de áudio e produção audiovisual. As inscrições estão abertas

Por Adriana Izel

Qualificar os jovens do Distrito Federal nas áreas de comunicação e audiovisual visando a inserção no mercado de trabalho. Esse é o objetivo do projeto Comunicador do Futuro lançado, nesta quarta-feira (27), em evento na Casa de Chá, na Praça dos Três Poderes. A iniciativa oferece 240 vagas em cursos de fotografia, gerenciamento de redes, operador de áudio e produção audiovisual. As inscrições podem ser feitas no site oficial e são voltadas para jovens a partir de 16 anos.

“O projeto surgiu por uma necessidade do mercado de trabalho. Estamos trazendo uma dinâmica de formação para os jovens, dando oportunidade para eles ampliarem suas chances nesses campos que estão avançando cada vez mais e precisando de pessoas qualificadas para trabalharem”, afirma o idealizador do projeto e presidente da Associação de Radiodifusão Comunitária no Distrito Federal (Abraço), Divino Cândido.

O projeto Comunicador do Futuro lançado nesta quarta (27) oferece 240 vagas em cursos de capacitação | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Com fomento do Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec-DF), as oficinas serão ministradas em uma carreta itinerante que passará por quatro regiões administrativas. Ceilândia, Estrutural, Riacho Fundo II e São Sebastião foram escolhidas devido a demanda da população.

“Como nós trabalhamos com os jovens nas periferias, identificamos as cidades onde havia uma necessidade grande para levar esse projeto. Ele veio para agregar conhecimento, tirar os jovens da ociosidade e até mesmo ajudar a inseri-los no mercado de trabalho”, define a co-realizadora do projeto e diretora presidente do Instituto Rede Solidária, Dilma Imai.

Subsecretário de Difusão e Diversidade da Secec, João Cândido: “O objetivo é oferecer não apenas conhecimento teórico, mas também experiências práticas para preparar os alunos para desafios profissionais, incentivando o empreendedorismo e a criatividade”

De acordo com o subsecretário de Difusão e Diversidade da Secec-DF, João Cândido, o projeto será um impulso para os jovens em situação de vulnerabilidade. “O objetivo é oferecer não apenas conhecimento teórico, mas também experiências práticas para preparar os alunos para desafios profissionais, incentivando o empreendedorismo e a criatividade”, explica.

Início das aulas

As aulas começam em 15 de janeiro em Ceilândia, onde ocorrem até 9 de fevereiro. Em seguida, o projeto segue para o Riacho Fundo II (de 19 de fevereiro a 15 de março) passando pela Estrutural (entre 25 de março e 22 de abril) e com encerramento em São Sebastião (de 29 de abril a 24 de maio).

Instrutor Valter Serafim: “O aluno vai aprender várias técnicas que poderão ajudá-lo a conseguir transformar as plataformas digitais em um aliado do dia a dia”

Produtor cultural, músico e formado em marketing digital, Valter Serafim será um dos instrutores. Ele ficará responsável por ministrar o curso de gerenciamento de redes. “O aluno vai aprender várias técnicas que poderão ajudá-lo a conseguir transformar as plataformas digitais em um aliado do dia a dia, seja trazendo uma renda extra ou até mesmo uma oficial para casa”, defende.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever