19.5 C
Brasília
25 fev 2024 10:16


Caderneta de saúde do paciente renal auxilia no tratamento

Idealizado por profissionais do Hran, material orienta pessoas com diagnóstico recente e ajuda na parte nutricional de doenças crônicas

Recém-criada na residência multiprofissional em nefrologia do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), a caderneta de saúde do paciente renal reúne orientações e ferramentas para monitorar e auxiliar no tratamento nutricional. Voltado para pessoas com doença renal crônica tanto em tratamento conservador, com medicações e dieta, quanto dialítico (uso de máquinas), esse documento já beneficiou cerca de 50 usuários desde o início da distribuição, no segundo trimestre de 2023.

O documento foi inspirado na Caderneta de Saúde da Criança e baseado em evidências científicas. Há quadros e tabelas para o monitoramento de índices, como a pressão arterial e a glicemia, e espaço para os profissionais que assistem o paciente se comunicarem. Na última seção, uma série de receitas culinárias são recomendadas para cada tipo de tratamento.

Internado há três meses no Hran, Renato Alves, 50 anos, é um dos pacientes acometidos por doença renal e já leu toda a caderneta. “É um material rico em informação, tem muitas ilustrações, o que facilita para quem não tem o domínio da leitura”, opina. Tendo como foco o sucesso do tratamento, ele garante que vai seguir todas as orientações à risca e levar o documento para todas as consultas, pois sabe que será um auxílio aos médicos em seu acompanhamento.

As cadernetas são entregues antes da alta médica àqueles que possuem diagnóstico recente ou cujo quadro clínico exige grande volume de instruções. A nutricionista e preceptora da residência multiprofissional em nefrologia do Hran, Patrícia Matias de Souza, aponta que o material tem dupla serventia.

Renato Alves é um dos pacientes acometidos por doença renal e já leu toda a caderneta | Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde

“O paciente com doença renal crônica costuma transitar por diversos serviços de saúde. A caderneta é um instrumento de comunicação entre os profissionais. Além disso, é uma forma de sugerir a responsabilização do paciente por seu tratamento”, afirma. A profissional idealizou a caderneta de saúde do paciente renal junto à ex-residente Gabriela Vespar.

Comunicação

Os dados de contato dos pacientes que recebem a caderneta são registrados para que seja possível manter a comunicação. A intenção da equipe é que, até o fim do ano, seja iniciado um canal de envio periódico de orientações e lembretes por meio de mensagens eletrônicas.

A versão digital da caderneta de saúde do paciente renal está disponível a todos os usuários do serviço ambulatorial do Hran. O material pode ser acessado aqui.

LEIA TAMBÉM

Brasília
céu limpo
19.5 ° C
19.5 °
18.1 °
88 %
1.5kmh
0 %
dom
26 °
seg
26 °
ter
26 °
qua
27 °
qui
29 °

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever