21.5 C
Brasília
23 fev 2024 23:18


Hospital do Paranoá participa de projeto nacional para aprimorar UTI

Iniciativa do Hospital Israelita Albert Einstein tem como foco propor novas práticas e melhorar assistência à população

O Hospital da Região Leste (HRL), localizado no Paranoá, é uma das 25 unidades de saúde de todo o Brasil selecionadas para integrar o Projeto Telescope 2, desenvolvido pelo Hospital Israelita Albert Einstein. Ao longo dos próximos dois anos, a equipe da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) contará com a assessoria diária de profissionais da unidade paulista para aprimorar rotinas de atendimento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Referência técnica do Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Albert Einstein, o médico Murilo Santucci falou sobre o Projeto Telescope 2 na visita ao HRL

“A expectativa é reforçar as boas práticas em terapia intensiva, fortalecendo a atuação da equipe multiprofissional necessária para resultados de excelência assistencial”, afirma o superintendente da Região Leste de Saúde do DF, Sidney Sotero. O HRL conta com dez leitos de UTI, disponíveis aos pacientes atendidos tanto na unidade quanto em outros hospitais da rede. O espaço também é utilizado para a recuperação após cirurgias de alta complexidade realizadas no HRL, como as de coluna vertebral.

Referência técnica do Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Albert Einstein, o médico Murilo Santucci explica que, ao longo do Telescope 2, haverá interações diárias via internet com os servidores da UTI do HRL, como médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, psicólogos, fisioterapeutas etc. “A ideia é que possamos agregar informação ao cuidado do doente e, com isso, ver um impacto não só do ponto de vista assistencial, mas também do apoio à gestão”, explica.

Ao visitar o HRL na terça-feira (24), Santucci disse ter encontrado um ambiente propício para o atendimento completo aos pacientes. “É um cenário que me parece muito favorável, bem estruturado e com recursos que atingem os requisitos. De um modo geral, a impressão é muito positiva”, elogia.

O HRL foi selecionado para a segunda edição do projeto, dentre outros fatores, por ter participado do Telescope 1, entre 2018 e 2021. O hospital da SES-DF também faz parte de outras iniciativas vinculadas ao Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS): Lean nas Emergências para reduzir a superlotação e inserir uma nova cultura organizacional de gestão; planificação da Linha Materna-Infantil; Cuidados Paliativos; “Saúde em Nossas Mãos”, para prevenção de infecções; entre outros.

No caso do Telescope 2, os aprendizados obtidos durante os próximos dois anos, tanto no HRL quanto em outros hospitais, podem subsidiar a elaboração de novas práticas em UTIs de todo o país.

LEIA TAMBÉM

Brasília
chuva fraca
21.5 ° C
21.5 °
19.8 °
88 %
3.1kmh
75 %
sáb
26 °
dom
27 °
seg
27 °
ter
26 °
qua
20 °

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever