17.6 C
Brasília
25 fev 2024 02:12


DF aplica mais de 11 mil doses de vacinas contra covid-19 em uma semana

Secretaria de Saúde reforçou estoque de imunizantes. Novo boletim epidemiológico mostra desaceleração da doença

O Distrito Federal registrou a aplicação de 11.160 doses de vacinas contra a covid-19 entre os dias 4 e 11 de setembro. O resultado é fruto do atendimento em cerca de 100 locais de atendimento e ações externas, como as realizadas em escolas, supermercados, shoppings e outros espaços de grande circulação, além do Carro da Vacina. Confira aqui o novo informativo de imunização.

“Após iniciada a campanha, houve queda no número de casos e, mais importante ainda, dos óbitos. Nos casos de contaminação, também foram reduzidos os índices de complicações e de internações”Lucilene Florêncio, secretária de Saúde

Nesta terça-feira (12), também houve o recebimento de mais 25.740 doses do imunizante Pfizer-BioNTech em sua versão monovalente, utilizada para a primeira dose, segunda dose e dose de reforço de adolescentes a partir dos 12 anos, adultos e idosos. “Nos próximos dias, devemos receber do Ministério da Saúde ainda mais vacinas, incluindo para o público infantil”, afirma a gerente da Rede de Frio Central da Secretaria de Saúde (SES-DF), Tereza Luiza Pereira.

Ao todo, as equipes da SES-DF aplicaram 7.838.165 doses desde o início da campanha de vacinação, em janeiro de 2021. O maior desafio está na dose de reforço: cerca de 48,7% da população de 5 a mais de 80 anos de idade não retornou para reforçar a proteção contra a covid-19. Enquanto nas faixas etárias a partir dos 60 anos a cobertura de dose de reforço ultrapassa os 71%, de 12 a 17 anos de idade fica em 34,3%. Já entre as crianças de 5 a 11 anos o índice é de 12,2%.

Segundo a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, a principal medida para proteger a população é manter as médias vacinais elevadas | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

A secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, destaca que a principal medida para proteger a população é manter as médias vacinais elevadas. “Após iniciada a campanha, houve queda no número de casos e, mais importante ainda, dos óbitos. Nos casos de contaminação, também foram reduzidos os índices de complicações e de internações”, detalha. Dados da SES-DF mostram que a mortalidade por covid-19 caiu mais de quatro vezes após o início da vacinação.

Novo boletim epidemiológico

Dados da SES-DF mostram que a mortalidade por covid-19 caiu mais de quatro vezes após o início da vacinação | Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

A SES-DF divulgou nesta terça-feira (12) um novo boletim epidemiológico sobre o cenário da covid-19 no DF. Foram registrados 416 novos casos em uma semana contra 626 da semana epidemiológica anterior. Dessa forma, a taxa de transmissão, o chamado índice RT, caiu de 1,36 para 1,20.

O diretor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Adriano de Oliveira, lembra, contudo, que grandes variações no índice de transmissibilidade podem ocorrer quando o número absoluto de casos é pequeno, como é o caso do DF no cenário atual. Também ressalta ser necessário observar mais algumas semanas para identificar uma tendência de queda. “É preciso acompanhar a evolução dos números. Também aguardamos a confirmação de mais casos a serem informados pela rede privada de laboratórios”, afirma.

LEIA TAMBÉM

Brasília
nuvens dispersas
17.6 ° C
17.6 °
17.6 °
94 %
1.5kmh
48 %
dom
26 °
seg
25 °
ter
26 °
qua
27 °
qui
24 °

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever