15.5 C
Brasília
23 maio 2024 02:48


Mulher tenta assinar técnica em enfermagem em UBS de Samambaia e esfaqueia segurança

Por Kleber Karpov

Uma mulher de 20 anos foi presa em flagrante pela Polícia Militar (PMDF), na manhã de quinta-feira (20/Jul), na Unidade Básica de Saúde (UBS) 12 da Região Administrativa Samambaia. Furiosa, a jovem tentou ferir uma técnica de enfermagem, com uma faca. O vigilante ao tentar intervir e desarmar a pessoa, acabou por ser apunhalado, em uma das mãos.

O caso chamou atenção, em especial de políticos e representantes de entidades ligadas à enfermagem, pois há cerca de um mês antes, a mesma mulher ameaçou uma técnica na mesma unidade, exatamente pelo mesmo motivo, impaciência em relação a demora na aplicação de um medicamento.

Por meio das redes sociais, o deputado distrital, Jorge Vianna (PSD), afirmou ser, intolerável, agressões aos profissionais de saúde. “Ultimamente, a enfermagem vem sofrendo muitas agressões! Eu venho alertando há tempos isso ejá ate fiz lei que garante segurança nas unidades de saúde, mas nada foi feito ainda!.”, postou nas redes sociais.

Rotina

Para o diretor do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (Sindate-DF), Newton Batista, o caso ratifica que as agressões aos servidores da saúde, se tornaram rotinas e pediu providências do estado, para garantir a segurança dos trabalhadores.

Nesse sentido, por meio de nota de repúdio, a entidade, o sindicato lembrou que “Não é a primeira e nem a segunda vez que acontecem casos de violência contra os servidores da Atenção Primária. Infelizmente os profissionais trabalham expostos e até o momento não existe nenhuma medida para garantir a segurança deles”, declarou a diretora do Sindate, Josy Jacob.

 

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever