20.5 C
Brasília
23 fev 2024 20:39


Treinamento melhora trabalho de condutores de ambulâncias do SAMU

Curso promovido em parceria com o Detran tem o objetivo de reforçar técnicas dos 191 servidores que atuam para salvar vidas em meio ao trânsito

Profissionais da Secretaria de Saúde (SES) e do Departamento de Trânsito (Detran) do Distrito Federal iniciaram nesta quarta-feira (26) a primeira turma do curso de atualização para condutores de ambulâncias e motolâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-DF). Ao todo, serão 191 servidores capacitados em seis turmas, cada uma com 16 horas-aula. O objetivo é reforçar o preparo dos profissionais para enfrentar os desafios do trânsito.

Diretor do Samu-DF, Victor Arimatea destaca o papel de cada cidadão para ajudar no trabalho diário de atendimento à população | Foto: Humberto Leite/Agência Saude-DF

Ao longo de dois dias, cada encontro irá revisar diferentes legislações de trânsito, reforçar técnicas de direção defensiva, treinar primeiros socorros e abordar as relações interpessoais –  necessárias durante o trabalho dos condutores que, no trajeto, precisam lidar com a equipe médica, os profissionais de unidades de saúde, pedestres e outros motoristas.

“Mesmo que você trabalhe rotineiramente com isso, passa a refletir melhor quando está em um ambiente voltado para a troca de experiências com os colegas sobre tudo o que acontece na rua”André Alcântara, professor do Detran

“Nossa condução no dia a dia tem que ser ágil, mas sempre pensando na segurança do paciente, da equipe e de terceiros na via”, afirma o condutor Rodrigo Nunes, que atua como instrutor no Samu e no Detran. Segundo ele, o motorista tem o desafio de enfrentar os percursos na maior velocidade possível, porém, sem fazer manobras que possam comprometer as condições de saúde de quem está sendo transportado. Acelerações, trepidações e até subidas e descidas também podem dificultar procedimentos realizados a bordo, como intubação e aplicação de medicamentos.

O diretor do Samu-DF, Victor Arimatea, destaca o papel de cada cidadão para ajudar no trabalho diário de atendimento à população. “Às vezes um pequeno esforço de cada condutor se transforma no coletivo e é capaz de garantir que uma vítima seja salva”, lembra.

Educação para o trânsito

A diretora de educação de trânsito do Detran DF, Paula Nunam, destaca que a formação dos condutores de veículos de emergência, seja do Samu, seja  de outros órgãos, como os bombeiros, é fundamental para garantir uma conduta padronizada durante as ocorrências. “Eles são treinados a saber como pedir a passagem prioritária, a usar esses corredores de acesso”, exemplifica.

O condutor Edsandro Silva acredita que é preciso estar sempre atualizado: “O curso é uma oportunidade de colocar em prática a experiência que já temos e de vivenciar outras situações presenciadas pelos colegas”, argumenta. A capacitação foi possível por meio de um Termo de Cooperação Técnica firmado entre o Detran e o Samu para cumprir as exigências estabelecidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

De acordo com professor do Detran, André Alcântara, “mesmo que você trabalhe rotineiramente com isso, passa a refletir melhor quando está em um ambiente voltado para a troca de experiências com os colegas sobre tudo o que acontece na rua”, explica.

O Detran também atua na outra ponta, conscientizando os demais motoristas e pedestres sobre a importância de respeitar os veículos de emergência. “Se eles estão sinalizando a priorização da passagem, eles estão a serviço”.

 

LEIA TAMBÉM

Brasília
trovoada
20.5 ° C
20.5 °
19.8 °
94 %
3.1kmh
75 %
sáb
26 °
dom
26 °
seg
27 °
ter
26 °
qua
21 °

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever