DF já arrecadou mais de 7 toneladas de doações para a Bahia

São alimentos não perecíveis, cobertores e garrafas de água. A campanha do Governo do Distrito Federal é coordenada pela SSP

65
Print Friendly, PDF & Email

A campanha de arrecadação de donativos para ajudar vítimas das chuvas que vem afetando o sul da Bahia ultrapassou a coleta de sete toneladas de doações nesta terça-feira (29), segundo dia de ação. Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), em parceria com as forças de segurança e a Defesa Civil do DF, a campanha vai até o próximo domingo (2) e conta com o apoio dos órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF).

“Os órgãos de segurança pública do Distrito Federal estão mobilizados para prestar todo apoio e proteção social às vítimas das enchentes na Bahia e, com essa arrecadação, esperamos amenizar um pouco os impactos causados e, ainda, levar compaixão e solidariedade da população do Distrito Federal aos moradores das áreas atingidas”, destacou o secretário da SSP/DF, Júlio Danilo.

Os brasilienses que desejam ajudar, podem doar itens de limpeza e higiene, alimentos não perecíveis, cobertores e garrafas de água potável. Os donativos devem ser entregues em qualquer unidade do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, da Polícia Civil ou na sede da Defesa Civil, localizada no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), Trecho 6.

Publicidade

Dentre as ações adotadas pelo Governo do Distrito Federal, consta ainda o envio de uma equipe com 20 bombeiros e cinco policiais militares para compor a força tarefa que atua naquele estado.

Serviço

Ajuda humanitária para os municípios da Bahia em situação de emergência
Pontos de coleta: quartéis da PMDF, CBMDF, delegacias da PCDF e sede da Defesa Civil
Produtos para doação: água potável, alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene pessoal, roupas. Observe a data de validade dos produtos. Entregue as roupas e cobertores limpos e embalados.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorLei que cria o Auxílio Brasil é publicada no Diário Oficial da União
Próximo artigoAeroporto Executivo de Brasília terá nova administração em 2022