Imunossuprimidos graves no DF podem tomar dose de reforço contra o coronavírus sem agendamento prévio

41
Print Friendly, PDF & Email

Por Kleber Karpov

A Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) liberou o acesso a dose adicional da vacina contra o coronavírus, a partir da segunda-feira (11/Out), às pessoas com imunossupressão grave. Segundo o subsecretário de Vigilância à Saúde da SES-DF, Divino Valero Martins, os imunossuprimidos têm menor resposta à imunização, mesmo após recebimento da segunda dose.

Ainda segundo Valero, diferentemente da dose de reforço, aplicada com intervalo de seis meses após ser ministrado a segunda, no caso dos imunossuprimidos, a vacinação que deve reforçar as anteriores deve ser aplicada a partir do vigésimo oitavo dia após a última etapa da imunização contra o coronavírus. De acordo com o gestor, o imunizante utilizado é preferencialmente do laboratório Pfizer-BioNTech.

Publicidade

Onde se vacinar?

Para tomar a dose adicional da vacina, basta a pessoa se dirigir a um dos pontos de vacinação da SES-DF, de posse do cartão de vacina, documento de identidade com foto e laudo ou relatório médico. Porém, os locais ainda devem ser divulgados pela SES-DF, somente no domingo (10/Out).

Fonte: SES-DF
Artigo anteriorBrasil ultrapassa 600.425 mortes por covid-19
Próximo artigoEleições 2022: conheça as novas regras eleitorais