Fiscalização do Coren-DF obtém 95% de aproveitamento em avaliação do Cofen

Equipe fiscalizou 437 denúncias durante a pandemia.

112
Print Friendly, PDF & Email

A fiscalização do Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (Coren-DF) foi auditada pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) nos dias 2 e 3 de dezembro e o resultado, que acaba de ser divulgado, expressa o empenho do nosso time de enfermeiras-fiscais na apuração de denúncias, no suporte à categoria e no combate às irregularidades que afetam a profissão.

Na auditoria do Cofen, foram avaliados quatro eixos: recursos humanos, infraestrutura, processo de trabalho e processo de fiscalização. A fiscalização do Coren-DF alcançou média acima de 95% em todos os quesitos. “Nós trabalhamos duro para assegurar condições dignas de exercício da profissão. Procuramos amparar todos os profissionais que nos procuram em busca de orientação, ajuda e suporte. A avaliação do nosso desempenho mostra o compromisso que temos com a Enfermagem do Distrito Federal”, destaca a gerente de fiscalização do Coren-DF, Dra. Sheila Depollo.

De janeiro de 2018 a dezembro de 2020, a fiscalização do Coren-DF alcançou a marca de 786 fiscalizações operativas e 488 fiscalizações analíticas. A pandemia foi um capítulo à parte nessa história. “Em 2020, foram apuradas 437 denúncias, envolvendo 171 instituições públicas, 149 privadas e 13 militares. Neste período, expedimos 28 notificações extrajudiciais, movemos uma ação judicial e acionamos o MPF, o MPT e o MPDFT 32 vezes, para assegurar direitos de profissionais da Enfermagem” destaca o presidente do Coren-DF.

Publicidade

O Departamento de Fiscalização (Defis) é formado pelas enfermeiras-fiscais Sheila Depollo, Ingrid Silveira de Barros, Juscélia Aguiar de Rezende, Lorenna Viana Gonzaga Melo, Bruna de Oliveira Sousa Carvalho e Daniela Rossi Bonacasata. O departamento conta com o suporte do secretário de fiscalização Pablo Fernandes Balieiro e da agente administrativa Gisele Moreira de Sousa.

FONTECoren-DF
Artigo anteriorCovid-19: Força-tarefa requer informações sobre aquisição da Coronavac
Próximo artigoAgências do trabalhador oferecem 478 vagas nesta quarta-feira (23/12)