Supervisora da Enfermagem é exonerada no HRT ao retornar de férias tiradas para cuidar da mãe com câncer

1553


Print Friendly, PDF & Email

Colegas pedem retorno com protesto e abaixo-assinado

Por Kleber Karpov

Nesta quarta-feira (22/Jan), servidores do Hospital Regional de Taguatinga (HRT), fizeram protesto e um abaixo-assinado, contra a exoneração do cargo de supervisora de enfermagem do Centro Obstétrico do HRT, da enfermeira Pâmela Belezia de Andrade.

Na rede social, Facebook, o deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), chegou a comentar o caso da exoneração. “Servidores do Centro Obstétrico do HRT pedem permanência da chefe Pamela que foi exonerada.”.

Também nas redes sociais, um servidor da SES-DF se solidarizou com Pâmela Belezia. “Quando os colegas pedem a permanência da chefia e porque ela desempenha bem as suas atribuições inerentes ao ao cargo.”

Publicidade

Mãe com câncer

Ao Política Distrital (PD), sob sigilo de identidade, um colega de trabalho da enfermeira, apontou que a servidora, havia tirado licença e, em sequência, férias, para cuidar da mãe, portadora de câncer.

“Ela nem sabia que foi exonerada porque estava de férias. Antes, durante a licença eles mantiveram ela porque a legislação não permite exonerar. Infelizmente, ela foi exonerada sem saber.”, lamentou a colega.

Abaixo-assinado

No abaixo assinado com mais de 20 assinaturas, os colegas, que pedem a permanência de Pâmela Belezio, ressaltam a capacidade acadêmica e a competência técnica em que atua à frente da supervisão da enfermagem do CO.

“Nos últimos anos a Enfermeira Pâmela demonstrou competência e espírito de liderança conduzindo a equipe de enfermagem com maestria, valorizamos muito o trabalho desenvolvido por ela.”.