Austeridade: Dilma candidata x Dilma presidente

72
Print Friendly, PDF & Email

O discurso que mais fui obrigado a ouvir foi que outros candidatos, Marina, e posteriormente Aécio, tirariam direitos adquiridos pela sociedade, e principalmente, pelos trabalhadores.

Particularmente sempre me contrapus ao afirmar que nenhum presidente em sã consciência seria louco o suficiente para fazê-lo, pois estaria se autocondenando a uma não reeleição. O que não é o caso de Dilma para 2018, pois terminará o segundo mandato.

Certamente a sociedade brasileira ainda não parou para medir o impacto que as medidas de Dilma terão sobre a população. Até porque são medidas fragmentadas que atingem a massa da população, mas de forma e com impactos diferentes.

Publicidade

Enquanto Dilma é apertada pelos delatores do Petrolão, Investidores, Auditores, Polícia Federal, apoiadores e opositores, a Presidente repassa a bola e apertará os cidadãos.  O arrocho virá por todos os lados com reajuste das tarifas de Água, Energia, combustíveis, telefonia, aluguéis, alimentos, fim da redução de IPI; e ainda com cortes substanciais na previdência, no FIES. Enfim, são apertos de todos os lados no presente e até no futuro.

Resta saber o impacto que isso terá para a campanha Lula 2018. A somar com Petrolão, Mensalão, Friboizão, Furnão… Dará ao PT um novo mandato.

Sei não! Pois haja contradição!

 

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Artigo anteriorSargento Alberto Oliveira, GTOP21: Solitário, solidário e necessário
Próximo artigoAgnelo: Entre rascunhos e páginas em branco