15.5 C
Brasília
13 jul 2024 09:21


Cirurgia ortognática: um sonho possível graças ao Serviço de Deformidade de Face do Hospital Regional de Santa Maria

Procedimento melhora autoestima, saúde e qualidade de vida de pacientes submetidos

Por Jurana Lopes

Imagine esperar cerca de dez anos para realizar um sonho que além de envolver a parte estética de todo o rosto, vai ajudar a melhorar imensamente sua qualidade de vida! Este é o caso da Yasmim Galvão, de 20 anos. Ela faz acompanhamento com a equipe de Odontologia e Cirurgia Bucomaxilofacial do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) há três anos e nesta semana, sua espera pela tão sonhada cirurgia ortognática chegou ao fim.

Yasmim Galvão deve passar por cirurgia após três anos de acompanhamento com a equipe de Odontologia e Cirurgia Bucomaxilofacial do HRSM – Foto: Divulgação/IgesDF

“Meu sonho é fazer essa cirurgia. Comecei meu tratamento desde os 10 anos de idade e passei por vários dentistas, que sempre falaram que meu caso era cirúrgico. Até que há três anos consegui ser atendida aqui e desde então, faço meu acompanhamento com ortodontista. Estou muito feliz dessa espera tão longa acabar”, relatou a paciente horas antes de entrar no Centro Cirúrgico do HRSM.

Por conta da alteração nos ossos de sua face, Yasmim sentia dores de cabeça muito fortes e com freqüência elevada, além disso, muita dificuldade para respirar, principalmente à noite. Por conta disso, seu caso clínico só se solucionaria com o procedimento cirúrgico.

“Não é só por estética, mas pela minha saúde, de modo geral. Estou com a expectativa bem alta e super ansiosa pelo resultado final”, destacou a paciente. Yasmim foi operada na última quarta-feira (19) e sua cirurgia foi um sucesso. Ela já está em casa se recuperando e após um mês, já deverá conseguir mastigar novamente.

Procedimento

A cirurgia ortognática é um procedimento cirúrgico realizado para corrigir e reposicionar os ossos da mandíbula, e, por consequência, o posicionamento dentário de pacientes que apresentam diferentes graus de assimetria na região. A cirurgia é complexa e dura entre quatro e seis horas.
“É um procedimento longo e complexo porque mexe com toda a parte óssea que segura os dentes. Causa muito inchaço e edema na face, é uma recuperação demorada e dolorida. De dois a três meses a parte funcional da cirurgia começa, mas o edema da face e inchaço dura cerca de um ano, para só então aparecer o resultado final”, explicou a cirurgiã bucomaxilofacil do Serviço de Deformidade de Face do HRSM, Ana Luisa Guimarães.
A especialista destaca que todos os pacientes encaminhados para o procedimento cirúrgico já fazem acompanhamento com a equipe de Ortodontia do HRSM. Em todo o ano de 2023 foram realizadas 20 cirurgias ortognáticas no Hospital Regional de Santa Maria e neste ano, até o momento, ocorreram seis.

Como conseguir o atendimento

O primeiro passo para conseguir o atendimento odontológico no HRSM é ir à unidade básica de saúde (UBS) mais próxima de casa. Lá, o dentista faz uma avaliação e, se for constatada a necessidade de tratamento ortodôntico cirúrgico, o paciente é encaminhado ao serviço do Hospital de Santa Maria ou do Hospital de Base. Não são todos os pacientes com problemas na mordida que possuem indicação ortocirúrgica. Somente os casos mais complexos são encaminhados para o serviço de deformidades dentofaciais.

LEIA TAMBÉM

PD nas redes

FãsCurtir
SeguidoresSeguir
SeguidoresSeguir
InscritosInscrever