Ibaneis Rocha entra oficialmente na briga por reeleição ao GDF

Celina Leão (PP) e Flávia Arruda (PL) compõem a chapa como candidatas a vice-governadoria e ao Senado, respectivamente

Por Kleber Karpov

O governador Ibaneis Rocha (MDB) foi oficializado, neste domingo (31/jul), em convenção conjunta do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Partido Liberal (PL) e Progressistas (PP), a disputa para reeleição ao Governo do Distrito Federal. O evento ocorreu no no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Em discurso, Ibaneis enfatizou que deve continuar a trabalhar para atrair outras lideranças políticas do DF. “Queremos formar uma grande aliança com uma base política importante”, disse.

Publicidade

Ibaneis também traçou um paralelo da atual gestão, com a do ex-governador do DF, Joaquim Roriz, ao referenciar o governo voltado a atender as necessidades do povo. “Deixo aqui, a esperança de que o DF não pare de crescer nunca mais. Essa é a bandeira que estamos levantando aqui. Unidos pelo crescimento do DF, desde os mais humildes. Assim como Roriz prezava”, bradou Ibaneis. “Vamos continuar a frente do DF, com o apoio de cada um de vocês.”.

O chefe do Executivo também elogiou a gestão do ex-governador, José Roberto Arruda (PL), presente na convenção. “José Roberto Arruda foi o último governador que o DF teve. Depois disso, foi um período de trevas”, disse ao referenciar os governos dos ex-mandatários do Buriti, Agnelo Queiroz (PT) e Rodrigo Rollemberg (PSB).

Também presente na convenção, o ex-presidente da República, Michel Temer (MDB) que enfatizou o peso da composição para as disputas aos cargos majoritários. “Ibaneis, ao lado de nomes tão qualificados, como a Celina Leão e a Flávia Arruda, tenho certeza de que você conquistará seu segundo mandato como governador do Distrito Federal”. O ex-governador José Roberto Arruda (PL) também esteve presente.

Mulheres na política

A deputada federal Celina Leão (PP) teve o nome chancelado para vice-governadora do DF. a Leoa, como é carinhosamente chamada no meio político, enfatizou a importância da atuação feminina na política. “Não basta ser mulher, tem que ter coragem”, reforçou Celina.

Discurso esse também endossado por Flávia Arruda (PL) também chancelada para disputar vaga ao Senado Federal.

 

Artigo anteriorReceita paga restituições do 3º lote do Imposto de Renda
Próximo artigoRicha federal: Arruda ‘perde as estribeiras’ e agride Gilvan Maximo em convenção partidária