Governo divulga nota técnica com orientações sobre varíola dos macacos

Documento informa sobre características da doença e os tratamentos

O Ministério da Saúde divulgou hoje (14) uma nota técnica para orientar as equipes de atenção primária à saúde sobre a varíola dos macacos (monkeypox). 

O documento informa sobre as características clínicas da doença, procedimentos a serem adotados na triagem e os tratamentos adequados.

Aos profissionais da saúde é recomendado o uso de equipamentos de proteção individual (EPI). Ao paciente é recomendado o isolamento.

Publicidade

O ministério recomenda ainda a divulgação ampla das informações pelos gestores locais e as secretarias de saúde.

 

Doença

A varíola dos macacos é uma doença causada por vírus e transmitida pelo contato próximo/íntimo com uma pessoa infectada e com lesões de pele. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, este contato pode se dar por meio de um abraço, beijo, massagens, relações sexuais ou secreções respiratórias. A transmissão também ocorre por contato com objetos, tecidos (roupas, roupas de cama ou toalhas) e superfícies que foram utilizadas pelo doente.

Não há tratamento específico, mas, de forma geral, os quadros clínicos são leves e requerem cuidado e observação das lesões. O maior risco de agravamento acontece, em geral, para pessoas imunossuprimidas com HIV/AIDS, leucemia, linfoma, metástase, transplantados, pessoas com doenças autoimunes, gestantes, lactantes e crianças com menos de 8 anos de idade.

 

FONTEAgência Brasil
Artigo anteriorCovid-19: ministério explica esquema de aplicação da vacina Janssen
Próximo artigoJustiça do Trabalho anula depoimento de testemunhas após vídeo no TikTok