GDF fortalece atuação no Cadastro Único com novos entrevistadores

Quase 800 profissionais foram capacitados nos últimos dois anos para realizar o preenchimento e a atualização das informações

Inscritos na 11ª turma de capacitação de entrevistadores para o Cadastro Único fizeram a prova final nesta quinta-feira (30)

Se os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) são a porta de entrada para a Política de Assistência Social, o Cadastro Único é a chave que abre essa porta. Entre 2020 e 2022, o Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), capacitou 756 entrevistadores para realizar o preenchimento e a atualização do Cadastro Único das famílias do DF.

“A capacitação desses trabalhadores vai fortalecer ainda mais o atendimento à população que mais precisa”, comemora a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

Ao longo desta quinta-feira (30), cerca de 70 dos 120 inscritos na 11ª turma fizeram a prova final com 100 questões. Os aprovados na avaliação serão informados do resultado nos próximos dias. “É um teste bem extenso mesmo. O objetivo é simular, de fato, o preenchimento do Cadastro Único. O entrevistador precisa ser minucioso, pois trata-se dos dados de famílias em situação de vulnerabilidade”, explica o técnico administrativo e orientador do curso, André Oliveira, que há dez anos ensina essas técnicas.

Publicidade

O curso é voltado para servidores efetivos e comissionados do GDF, principalmente da Sedes: trabalhadores de entidades parceiras da secretaria que atua com foco no atendimento às famílias e para a comunidade em geral.

Assistente social que não atua no poder público, Rafaela Pereira, 37 anos, participou da capacitação com o objetivo de melhorar o currículo. “É fundamental para minha área de atuação”, explica a profissional. “É bem tranquilo fazer o preenchimento do Cadastro Único. No entanto, precisa ficar atento aos detalhes e ter paciência, pois é bem extenso e demorado”, conta a aluna, que precisou de quase duas horas para concluir as questões.

Na quarta-feira (29), o Diário Oficial do DF publicou a nomeação de 39 novos servidores da Sedes, além de outros para a Secretaria da Mulher e para a Secretaria de Justiça e Cidadania. Todos esses já podem participar gratuitamente da próxima turma do curso, a ser aberta a partir da semana que vem, pela escola virtual da Sedes. A plataforma está disponível em https://formacao.sedes.df.gov.br/.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorDF inicia segunda dose de reforço para maiores de 35 anos a partir desta sexta (1º)
Próximo artigoIbaneis participa da formatura de mais 736 policiais militares