Detran-DF auxilia no transporte de coração e fígado para transplante

Os órgãos vieram de Palmas (TO) e foram levados para o Instituto de Cardiologia do DF

32
Print Friendly, PDF & Email

Na tarde de sexta-feira (15), o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) foi acionado pela Central Nacional de Transplantes para realizar o transporte de um coração e um fígado, ambos vindos do Tocantins. Os órgãos foram transportados da cidade de Palmas até o Aeroporto Internacional de Brasília num avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e, em seguida, levado para o Instituto de Cardiologia do DF (ICDF) pela Unidade de Operações Aéreas do Detran.

Desde o início do ano, a equipe do Sentinela, helicóptero do Detran, auxiliou no transporte de cinco corações. Antes desse, o mais recente veio de Palmas (TO) e o transporte ocorreu no início deste mês, dia 7. No ano passado, foram sete, todos eles vindos de outros estados para o DF.

De acordo com o piloto do Sentinela, o agente Ricardo Timóteo, o voo durou cerca de quatro minutos, enquanto que o trajeto até o HFA de ambulância duraria em torno de 15 a 20 minutos. “Mas para salvar uma vida, cada minuto faz a diferença”, destaca Timóteo.

Publicidade
FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorParticipação social deve contribuir com Conferência Nacional de Saúde Mental
Próximo artigoBombeiros treina mais de 2 mil motociclistas sobre primeiros socorros