Participação do Sindate no Conselho de Administração do Iprev traz melhorias para os servidores

Todas as solicitações realizadas pela diretora foram atendidas pelo Conselho e já estão sendo executadas no Instituto

Print Friendly, PDF & Email

Nos últimos três anos, a diretora do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Distrito Federal (Sindate-DF), Elza Aparecida, compôs o Conselho de Administração do Instituto de Previdência dos Servidores (Iprev). Em todas reuniões, ela teve a oportunidade de propor e debater mudanças relevantes para os trabalhadores.

Dentre elas, está a solicitação de que no quadro de conselheiros tenham mais mulheres. Além disso, também foi proposto a realização do concurso público do Iprev, para que dessa forma seja instituída a carreira própria na instituição.

Vale ressaltar, que o Conad analisa as propostas apresentadas pelo Instituto de Previdência Social dos Servidores Civis do DF. Além de outras prerrogativas, os integrantes do Conselho também colaboram em formas de melhorias aos servidores no recadastramento anual de ativos, inativos e pensionistas.

Publicidade

Quais os benefícios?

Uma das grandes pautas de debate nessas reuniões, foi a regulamentação da aposentadoria especial de 25 anos, trabalhados em locais insalubres. Visto que já existe regulamentação federal.

Para a diretora, Elza Aparecida, a chance de representar os trabalhadores no Conselho do Iprev é de extrema importância. “É necessário muita responsabilidade para apreciar anualmente a política de investimento dos fundos de aposentadoria. Finalizarei o meu mandato satisfeita com o trabalho executado dentro do Conselho”, pontuou.

Todas as solicitações realizadas pela diretora foram atendidas pelo Conselho e já estão sendo executadas no Instituto.

FONTESindate-DF
Artigo anteriorConsumidora que sofreu queimadura em procedimento estético deve ser indenizada
Próximo artigoCâmara aprova suspensão de metas de prestadores de serviço do SUS