Parceria com Neoenergia Brasília reforça Rede de Frio da Secretaria de Saúde

Equipamentos oferecem mais segurança e promovem a sustentabilidade

Print Friendly, PDF & Email

A Rede de Frio da Secretaria de Saúde do DF, responsável pelo armazenamento e distribuição de imunizantes contra a covid-19 e outras doenças, recebeu, na quinta-feira (10), novas câmaras frias doadas pela Neonergia Brasília. São 15 equipamentos para garantir a conservação e a qualidade das vacinas do Distrito Federal.

As novas câmaras podem manter os imunizantes a temperatura constante de 2ºC a 8ºC com baterias que garantem o funcionamento, por até 12 horas, sem fornecimento externo de energia. “Elas monitoram a temperatura o tempo inteiro e é possível extrair relatório do funcionamento”, explicou a gerente da Rede de Frio, Tereza Pereira.

Os equipamentos também possuem sensores e um sistema de alarme remoto a distância, que realiza chamadas telefônicas se houver uma queda de temperatura ou a bateria estiver em um nível baixo. Cada uma tem capacidade para 280 litros e serão distribuídas entre hospitais e Unidades Básicas de Saúde.

Publicidade

O secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, ressaltou a articulação do Governo do Distrito Federal para reforçar o atendimento à população, com recursos próprios e parcerias. “A gente só pode agradecer à Neoenergia por esse olhar tão importante. Quem ajuda o SUS ama o Brasil”, afirmou. “É um compromisso da Neoenergia com a população do Distrito Federal. A saúde também é uma prioridade para o nosso grupo”, completou o presidente da Neoenergia Brasília, Frederico Jacob Candian.

A parceria da Neoenergia Brasília com a Secretaria de Saúde envolveu a doação das 15 câmaras frias novas em troca de 30 geladeiras antigas. A empresa irá retirar substâncias como os gases CFC (clorofluorocarboneto), que podem contribuir com o efeito estufa, e fazer o descarte correto dos equipamentos.

A iniciativa faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE), regulado pela Agência Nacional de Eficiência Energética (Aneel). A empresa também vai instalar lâmpadas LED, 40% mais eficientes, em unidades de saúde do DF. O objetivo é promover a redução no consumo de energia elétrica de prédios públicos.

“A iniciativa da Neoenergia Brasília está alinhada aos compromissos do grupo de combate às mudanças climáticas, ao desperdício de energia e ao programa de eficiência energética da distribuidora”, disse a gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, Ana Christina Mascarenhas.

FONTESecretaria de Saúde
Artigo anteriorSaúde do DF recua e máscara para pacientes em hospitais é facultativa
Próximo artigoSaúde do DF participa de atividades do programa Mais Perto do Cidadão da Secretaria de Justiça