Covid: brasileiros que chegaram da Ucrânia são imunizados em Brasília

Secretaria de Saúde também imunizou cães e gatos

Print Friendly, PDF & Email

Duplamente protegidos. Logo após desembarcarem na Base Aérea de Brasília, nesta quinta-feira (10), os 68 refugiados e os 10 animais que chegaram ao Brasil em aviões da Força Aérea puderam colocar a vacinação em dia. As equipes da Secretaria de Saúde aplicaram 19 vacinas em adultos e cinco em cães e gatos.

O treinador de futebol Luiz Jurescu recebeu a vacina da Janssen contra a covid-19 e seu cachorro, o Braddock, também atualizou a proteção contra a raiva. “A gente sempre procurou respeitar os protocolos e com essa vacina, fica até mais tranquilo para andar com mais liberdade aqui no Brasil”, avaliou.

Já o Willian Peraçoli, que é jogador de futebol, estava na Ucrânia desde janeiro e não conseguia ser imunizado. “Tinha que ter muito documento, cidadania. Mas aqui, graças a Deus, eu consegui”, comemorou. Além dos imunizantes contra a covid-19, também foram disponibilizadas as vacinas tríplice viral e de prevenção à poliomielite.

Publicidade

O secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, ressaltou a integração dos órgãos envolvidos na recepção dos refugiados. “O Governo do Distrito Federal, através da Secretaria de Saúde, está aqui na Base de Brasília apoiando e reforçando as ações do Ministério da Saúde”, reforçou. “Cumprimos o nosso papel de manter a qualidade da saúde, principalmente na questão da vacinação”, completou.

FONTESecretaria de Saúde
Artigo anteriorligações de telemarketing terão prefixo 0303 a partir desta 5ª
Próximo artigoBerçário Buriti é inaugurado para acolher bebês de servidoras públicas do DF