Ibaneis nomeia 366 enfermeiros para a Atenção Primária do Distrito Federal

Ao todo, somente neste ano, a Secretaria de Saúde fez a nomeação de 5.511 novos servidores na área da Saúde

423
Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Oliveira

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha nomeou 366 enfermeiros aprovados em concurso da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF). A assinatura do decreto ocorreu, na manhã desta quarta-feira (22/12), no Salão Branco no Palácio do Buriti. Os profissionais irão atuar na Atenção Primária da saúde pública, incluindo clínicas, hospitais e o atendimento em cirurgias.

Os novos enfermeiros são da especialidade de família e comunidade, com foco no reforço da Atenção Primária à Saúde. Além dos enfermeiros, o secretário de Saúde do DF, general Manoel Pafiadache elencou as 78 nomeações de servidores realizadas na sexta-feira (17/12).

Publicidade

São eles: 17 administradores, 13 farmacêuticos, 14 enfermeiros de família e comunidade, três enfermeiros obstetras, três analistas de sistemas, um economista, sete fonoaudiólogos, dois contadores, sete técnicos de laboratório em hematologia e hemoterapia, dois médicos endoscopistas, sete médicos cirurgiões de trauma e dois médicos ortopedistas. O secretário destacou o total de 5. 511 nomeações na área de saúde, somente neste ano.

Pafiadache reforçou a importância da chegada dos novos servidores para dar continuidade ao enfrentamento da Covid-19.  “Chegamos a praticamente 92% da cobertura vacinal da população vacinável do DF. Mas ainda não estamos satisfeitos e queremos mais. Vocês chegam para nos ajudar”, ressaltou.

Durante a sua fala, antes de assinar o decreto, o governador afirmou que a atenção básica é a base na estrutura da saúde pública. “Saúde Pública se faz com as Unidades Básicas de Saúde e com os enfermeiros comunitários. É cuidando das famílias que nós conseguimos fazer saúde”, disse.

Ibaneis também lembrou da importância do Sistema único de Saúde. “Temos que agradecer a existência do Sistema Único de Saúde. Sou um defensor árduo do SUS e quero deixar claro para vocês que vou continuar trabalhando pela Saúde Pública da população do DF”, acrescentou o chefe do Executivo do DF.

 

Artigo anteriorCovid-19: consulta pública sobre vacinação de crianças começa nesta quinta-feira
Próximo artigoObesidade atinge 20% de crianças e jovens do Distrito Federal