Saúde do DF amplia público que receberá a dose de reforço da vacina Janssen

Imunizantes serão aplicados a partir de quarta-feira e contempla todos os profissionais da Educação que receberam a dose única no DF

131
Print Friendly, PDF & Email

Os profissionais da rede pública de ensino do Distrito Federal que receberam a vacina da Janssen contra a covid-19 poderão tomar a dose de reforço a partir de quarta-feira (15). Nesta segunda-feira (13), a pasta recebeu mais 34,8 mil doses do imunizante, enviadas pelo Ministério da Saúde. O quantitativo soma-se às 10,2 mil unidades recebidas na semana passada. A quantidade é suficiente para reforçar a imunização dos profissionais de educação.

Ao todo, 31.987 pessoas da área de educação foram vacinadas com o imunizante fabricado pelo laboratório do grupo Johnson & Johnson. A maioria é de professores, mas o grupo também inclui pessoal de apoio, como serventes, merendeiras, secretários escolares e diretores.

Para receber o reforço é necessário levar documento de identidade oficial com foto e o cartão de vacinação. Os locais para esse novo público serão divulgados na noite desta terça-feira (14).

Publicidade

Outros grupos

A Secretaria de Saúde também iniciou os preparativos para levar mais de 2 mil doses de reforço à população em situação de rua. A imunização desse público envolverá as três equipes do Consultório na Rua e a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), que coordena o Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS).

Já a população carcerária teve a dose de reforço iniciada. De acordo com a gerente de Saúde no Sistema Prisional, Simone Kátia de Sousa, a vacinação começou pelos detentos que receberam outros imunizantes e seguirá, agora, para os que foram vacinados com a Janssen. “Ao tratar deles, cuidamos da população em geral, sobretudo dos profissionais do sistema penitenciário”, explicou.

No total, 58.362 pessoas receberam a vacina da Janssen no DF, incluídos os que tomaram as doses remanescentes enviadas às unidades básicas de saúde. Todo esse público estará apto a receber a dose de reforço do imunizante quando completar dois meses de intervalo entre as aplicações.

Já quem tomou a segunda dose da CoronaVac, Pfizer-BioNTech e AstraZeneca há cinco meses completos, pode procurar, a qualquer momento, os locais de vacinação, atualizados diariamente no site da Secretaria de Saúde, para receber a dose de reforço com a vacina Pfizer. Quem não tomou a primeira ou precisa tomar a segunda dose também deve ir a um dos locais de vacinação.

FONTESecretaria de Saúde
Artigo anteriorNovos agendamentos pelo Sistema de Regulação estão suspensos no DF
Próximo artigoVianna apresenta novidades aos servidores da Saúde após reuniões com secretário da Economia