Saúde do DF promove novo Dia D de vacinação contra a covid-19 neste sábado (27)

Unidades básicas, Rodoviária do Plano Piloto e Feira Central de Ceilândia recebem a ação deste sábado (27)

58
Print Friendly, PDF & Email

Com o objetivo de vacinar o maior número possível de pessoas contra a covid-19 e aumentar a cobertura vacinal, a Secretaria de Saúde fará uma nova ação neste sábado (27). Desta vez, serão disponibilizados onze pontos de vacinação, sendo nove em unidades básicas de saúde e dois pontos populares: um na Rodoviária do Plano Piloto e outro na Feira Central de Ceilândia.

“A população tem que desmistificar essa coisa que a vacina é algo complexo, que ocorre somente em ambiente hospitalar. A vacina é uma coisa comum, popular e de acesso para todos”, explica o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

De acordo com ele, um ponto fixo está sendo construído na Rodoviária do Plano Piloto e deve ser inaugurado até o dia 10 de dezembro. Após a inauguração, o local deverá funcionar todos os dias e disponibilizar vacinas para todos os públicos.

Publicidade

Ação no sábado

Haverá aplicação de primeira e segunda dose, além da dose de reforço em todos os pontos, com exceção da Rodoviária do Plano Piloto, que não aplicará a vacina Pfizer, por conta do imunizante necessitar de uma maior infraestrutura para melhor manuseio e preparação, tendo em vista que ela precisa ser diluída, diferentemente dos imunizantes Coronavac e AstraZeneca que já chegam ao DF prontos para uso. Também haverá vacinação contra influenza em quatro locais.

“O objetivo dessas ações é estimular a população que ainda não se vacinou a tomar a D1 e oportunizar para a população a D2 e a dose de reforço. Ou seja, iniciar quem ainda não começou e concluir o ciclo vacinal de quem falta”, destaca o coordenador de Atenção Primária à Saúde, José Eudes Barroso.

Confira os pontos onde haverá aplicação da primeira dose:

Confira os pontos onde haverá aplicação da segunda dose:

Confira os pontos onde haverá aplicação da dose de reforço e de influenza:

“A vacinação é uma forma segura e eficaz de prevenir doenças e salvar vidas. Graças às vacinas foi possível erradicar a varíola do mundo e controlar doenças como a poliomielite, as sequelas da rubéola em recém-nascidos e surtos de febre amarela, por exemplo. A importância da vacinação não está somente na proteção individual, ela evita a propagação em massa de doenças que podem levar à morte ou a sequelas graves, e o Brasil tem um programa nacional robusto de vacinação, destaque no mundo inteiro”, defende a Subsecretária de Atenção Integral à Saúde, Paula Lawall.

Os 11 pontos de vacinação funcionarão das 8h às 17h e a Rede Central de Frio estará disponível para reabastecer os pontos de acordo com a procura da população.

FONTESecretaria de Saúde
Artigo anteriorCovid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países
Próximo artigoNovo Dia D de vacinação contra a covid-19 é bem movimentado no DF