Ibaneis avalia retirar a obrigatoriedade do uso de máscara em locais fechados

O governador já retirou a obrigatoriedade do uso da proteção facial ao ar livre e a medida começa a valer a partir desta quarta-feira (03/11), logo após o feriado

117
Print Friendly, PDF & Email

O governador Ibaneis Rocha (MDB) confirmou, nesta segunda-feira (1º/11), para alguns veículos de imprensa, que irá avaliar nos próximos dias, a possibilidade de retirar a obrigatoriedade do uso de máscara em locais fechados no Distrito Federal. O governador não deu nenhuma previsão para a retirada definitiva da obrigação de usar a máscara. “Vamos analisar os próximos dias”, disse.

Nesta quarta-feira (3/11), acaba a obrigação de utilizar o item de proteção individual ao ar livre, mas Ibaneis ressaltou que todas as medidas em direção à volta da normalidade serão tomadas de forma gradativa e com segurança. “Iremos seguir firmes no atendimento à população e vamos reabrir com segurança”, disse o governador.

Desde abril de 2020, a população da capital federal foi obrigada, por meio de decreto, a fazer uso da máscara de proteção para ajudar a conter a contaminação pela Covid-19. Desde o início, pessoas circulando em todos os espaços públicos fechados, equipamentos de transporte público coletivo, estabelecimentos comerciais, industriais e serviços e nas áreas de uso comum dos condomínios residenciais e comerciais passaram a usar o item.

Publicidade

 

Artigo anteriorIbaneis Rocha participa da abertura do Web Summit em Portugal
Próximo artigoNovembro Roxo alerta sobre os índices de prematuridade e consequências do nascimento antes da hora