GDF publica edital para contratação de professor temporário da rede pública

Inscrições devem ser feitas a partir das 10h do dia 18 de outubro até as 23h59 do dia 10 de novembro, por meio do site da banca examinadora do certame

190
Print Friendly, PDF & Email

“O maior beneficiário desse processo seletivo é o estudante, que terá profissionais qualificados e disponíveis para garantir o cumprimento do calendário escolar e acesso a uma educação pública de qualidade”Ana Paula de Oliveira Aguiar, subsecretária de Gestão de Pessoas

A Secretaria de Educação publicou no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) o Edital nº 27, referente ao Processo Seletivo Simplificado destinado a selecionar candidatos a professor substituto temporário. Os aprovados irão integrar o banco reserva da secretaria e serão convocados para o exercício de docência nas escolas da rede pública do DF em casos de suprimento de carências decorrentes de afastamentos legais de professor efetivo da Secretaria de Educação.

A subsecretária de Gestão de Pessoas, Ana Paula de Oliveira Aguiar, afirma que “o maior beneficiário desse processo seletivo é o estudante, que terá profissionais qualificados e disponíveis para garantir o cumprimento do calendário escolar e acesso a uma educação pública de qualidade.”

Os interessados em participar da seleção, devem efetivar inscrição por meio do site da Quadrix, banca examinadora responsável pelo certame. O período de inscrições começa no dia 18 de outubro, às 10h, e segue até às 23h59 do dia 10 de novembro.

Publicidade

O processo seletivo contará com prova objetiva com 100 itens e valerá 100 pontos

O documento publicado na quarta-feira (22), em edição extra, indica, como fases do processo seletivo simplificado, prova objetiva e avaliação biopsicossocial. A prova objetiva contará com 100 itens e valerá 100 pontos. Ela vai avaliar as habilidades e os conhecimentos do candidato, a partir de conhecimentos básicos, complementares e específicos.

A avaliação biopsicossocial visa qualificar a deficiência do candidato e irá considerar os impedimentos nas funções e nas estruturas do corpo; os fatores socioambientais, psicológicos e pessoais; a limitação no desempenho de atividades e ainda a restrição de participação.

No caso de assinatura de contrato para atuação em sala de aula, o professor temporário também deverá participar de eventos e demais atividades inerentes à sua atuação. No caso, utilizar diários de classe, preencher relatórios e demais documentos referentes às turmas e estudantes vinculados ao professor substituído são algumas dessas atribuições.

O edital apresenta as atribuições básicas e requisitos específicos da função; locais de atuação dos profissionais; componentes curriculares e turnos de trabalho; conteúdo programático das provas; requerimento para solicitação de isenção total ou parcial de taxa de inscrição; entre outras especificações referentes ao processo seletivo.

Para conhecer o cronograma estimado de fases do processo seletivo simplificado, conferir o anexo VI constante nas páginas 19 e 20 do Edital nº 27, com acesso neste link.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorCom vendas em alta, concessionárias elogiam gestão de Ibaneis
Próximo artigoGDF oferece 1,5 mil vagas de qualificação profissional