GDF oferece vacinação noturna, contra a covid-19, para servidores da Educação

Cerca de 2,1 mil funcionários são esperados desta quinta-feira (29) a sábado (31), na Praça dos Cristais, no Setor Militar Urbano

99
Print Friendly, PDF & Email

Começa na noite desta quinta-feira (29) a vacinação dos profissionais da Educação remanescentes — aqueles que não puderam atender ao chamado entre 21 de maio e 2 de junho, nas primeiras fases do plano de imunização da pasta.

Profissionais de creches e gestores escolares que tomaram a D1 da AstraZeneca entre maio e junho devem cumprir o intervalo mínimo de 60 dias para receber a D2

Após levantamento feito nas 14 coordenações regionais de ensino (CREs), a Secretaria de Educação (SEE) listou 2.100 profissionais que ainda não foram imunizados e os dividiu em três grupos de 700 cada um, que serão vacinados respectivamente nesta quinta (29), na sexta (30) e no sábado (31). Para tanto, está reservado um posto de imunização único: a Praça dos Cristais, no QG do Exército — Setor Militar Urbano. A vacinação ocorre exclusivamente à noite, entre as 18h e as 22h.

Como a maioria dos demais profissionais da rede pública de ensino, os remanescentes vão receber a vacina da Janssen, cujo protocolo de uso prevê apenas uma dose para atingir a imunização máxima. Todos receberam a nova convocação por e-mail, encaminhado pelas escolas em que trabalham. Além disso, a lista com os nomes está sendo publicada a cada dia no site da Secretaria de Educação.

Publicidade

Quando forem à Praça dos Cristais, os remanescentes devem levar um documento pessoal com foto, o contracheque e a ficha para registro de doses aplicadas preenchida. A ficha pode ser baixada aqui.

Antecipação

Além da convocação dos remanescentes, o Plano de Vacinação da Educação está oferecendo a segunda dose antecipada para o grupo de seis mil profissionais que tomaram a primeira dose (D1) da vacina AstraZeneca entre 21 de maio e o dia 2 deste mês. Esse grupo é formado por profissionais das creches públicas, das creches parceiras da rede pública, creches privadas e também por gestores das escolas públicas.

A segunda dose (D2) desse imunizante está sendo oferecida desde terça-feira (27) em todos os pontos de vacinação contra covid-19 do DF. Para recebê-la, o profissional da Educação deve ir ao ponto mais próximo de sua casa, portando o cartão de vacinação e o crachá, contracheque ou declaração da unidade escolar que comprove o vínculo profissional.

É preciso observar o cumprimento do prazo mínimo de 60 dias contados a partir da primeira dose. Dessa forma, quem tomou a primeira em 2 de junho, por exemplo, precisa esperar pelo menos até terça-feira (3/8) para buscar a antecipação da segunda dose.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorSECOM de Bolsonaro troca enxada por espingarda em comemoração ao Dia do Agricultor e recebe ‘saraivada’ de memes
Próximo artigoAdasa implementa metodologia completa do Projeto Acertar