Ibaneis deve entregar cinco novas creches com benefício para cerca de 2 mil crianças

Unidades terão investimento de mais de R$ 20 milhões e a construção vai gerar 600 empregos. Cada uma pode receber até 396 crianças de 0 a 5 anos

94

Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Luiza Vinhote

O Distrito Federal vai ganhar quatro novas creches. A construção está para iniciar e as unidades serão erguidas em Ceilândia, Gama, Planaltina e Recanto das Emas. Uma estrutura no Sol Nascente/Pôr do Sol já está 85,69% executada (confira abaixo). No total, os espaços devem beneficiar até 1.980 crianças. O investimento em cada uma é entre R$ 3,8 milhões e R$ 6 milhões, com recursos da Secretaria de Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O investimento vai gerar em torno de 600 oportunidades de emprego.

Publicidade

O secretário de Governo, José Humberto Pires, lembra que em 2019 e 2020 foram entregues outras seis creches que já estão em operação: quatro em Samambaia, uma em Ceilândia e uma no Lago Norte. “Sabemos que a demanda é grande e, por isso, estamos sempre nos empenhando para ter esses espaços em pleno funcionamento com atendimento de qualidade”, comenta.

Unidades seguirão o projeto padrão da edificação do FNDE, que se baseia nas necessidades de desenvolvimento da criança, nos aspectos físico, psicológico, intelectual e social

O esforço do GDF para colocar mais creches a serviço da população vem desde o período da transição de governo, quando o próprio governador se empenhou na recuperação de R$ 42 milhões do FNDE. “O governador Ibaneis Rocha pediu que levantássemos quais recursos estavam parados ou aqueles que estavam sem projetos. É um dos objetivos do governo oferecer vagas em creches credenciadas e construir novas”, reforça.

Modelo das creches

As unidades seguirão o projeto padrão da edificação do FNDE, que se baseia nas necessidades de desenvolvimento da criança, nos aspectos físico, psicológico, intelectual e social. As estruturas, de 1.311,97 metros quadrados, têm capacidade de atendimento de até 396 crianças, em dois turnos – matutino e vespertino –, ou 188 meninas e meninos no período integral. As instituições são destinadas àqueles da faixa etária de 0 a 5 anos e 11 meses.

Titular da pasta de Educação, Leandro Cruz ressalta a importância das creches para toda família. “É uma etapa que, além de ser de suma necessidade para toda a trajetória escolar, tem um significado social de extrema relevância. Os pais precisam trabalhar, levar o sustento para casa e necessitam de um espaço com segurança e conforto para deixar seus filhos”, salienta.

Outras creches

O governo local ainda pretende construir mais creches. Quatro já estão em processo de licitação na Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), que é a responsável pela contratação das empresas. Os recursos serão da Secretaria de Educação e no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

“O governo local está dando apoio aos pais que precisam trabalhar e não têm com quem deixar os filhos. Eles sabem que esses espaços são seguros, apropriados e que as crianças serão muito bem atendidas enquanto eles não estão por perto”, comenta o presidente da Novacap, Fernando Leite.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorCovid-19: DF começa a vacinar faixa de 41 anos na segunda-feira
Próximo artigoNo braço, as vacinas não podem se encontrar. Cuidado!